Loja Fina Flor

Loja Fina Flor

quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Estudo mostra Natal como 4ª capital mais violenta do Brasil

Um estudo realizado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública apontou Natal como a 4ª capital mais violenta do Brasil em 2014. De acordo com os dados publicados nesta quarta-feira (30), a maior cidade do Rio Grande do Norte só índices melhores de mortes decorridas de crimes violentos letais intencionais (CVLI) do que Fortaleza (CE), Maceió (AL) e São Luís (MA). Neste ano, no entanto, a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Rio Grande do Norte (Sesed) registra redução de 15,6% nos CVLI.
Pelo estudo, que leva em consideração os casos de homicídios dolosos, lesões corporais seguidas de morte e latrocínio (morte causadas para praticar um assalto), Natal apresentou índice de 65,9 CVLI para cada 100 mil habitantes. Fortaleza teve 77,3, contra 69,5 de Maceió e 69,1 de São Luís.        
Do outro lado da pesquisa, as capitais com menos crimes violentos letais intencionais ára cada grupo de 100 mil habitantes foram São Paulo (11,4), Florianópolis (16,9), Boa Vista (17,5), Campo Grande (18,9) e Rio de Janeiro (20,2).  
Em números absolutos, Natal é somente a 14ª com mais crimes violentos letais intencionais, com 568 casos em 2014. Fortaleza é líder em violência também nos números absolutos, com 1.989 CVLI em 2014, seguida por Salvador (1.397), São Paulo (1.360) e Rio de Janeiro (1.305).

Redução

Em 2015, Natal tem redução de 15,6% no número de homicídios, segundo a Câmara de Mapeamento da Violência no Rio Grande do Norte. Até o dia 28 deste mês, a capital potiguar tinha registrado 365 homicídios, contra 429 no mesmo período de 2014.



Fonte: Tribuna do Norte

segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Governo confirma calendário de pagamento do funcionalismo público



O Governo do Estado vai pagar a folha do funcionalismo nos dias 29 e 30 de setembro. Nesta terça-feira (29) os aposentados e pensionistas terão seus vencimentos depositados ao longo da manhã, enquanto os servidores ativos receberão o pagamento na quarta-feira (30), data da terceira parcela do Fundo de Participação dos Estados (FPE).  
De acordo com o secretário de Estado do Planejamento e das Finanças Gustavo Nogueira o pagamento do funcionalismo em dia fortalece a economia e reduz os impactos da crise. “Pagar em dia é uma obrigação de qualquer Governo. E nossa responsabilidade aumenta nesse momento de crise, quando as frustrações de receitas já ultrapassam os R$ 300 milhões. Com a folha em dia não é apenas o servidor quem ganha. O funcionalismo alimenta toda uma cadeia econômica e diminui os efeitos devastadores dessa crise”, analisou.




Fonte: Tribuna do Norte

Marte tem 'córregos' sazonais de água salgada, revela sonda da Nasa



Algumas montanhas de Marte possuem veios estreitos de água salgada líquida escorrendo em suas encostas, revela um estudo divulgado hoje pela Nasa.
Essas formações, que já haviam sido reveladas antes em imagens do planeta, já eram apontadas como possivelmente originadas de salmouras, mas só agora surgiram evidências diretas do fenômeno.



Essas "linhas de encosta recorrentes", tal qual foram batizadas pelos cientistas, são faixas estreitas, com menos de 5 metros de largura, que aparecem durante períodos quentes em diversas regiões de Marte. As linhas se alongam durante algum tempo e depois encolhem.

"Elas são faixas escuras que se formam no fim da primavera, crescem no verão e desaparecem no outono", afirmou Michael Meyer, chefe do programa de exploração de Marte da Nasa, em entrevista coletiva para apresentar a descoberta.

Cientistas não conseguiam confirmar a natureza do fenômeno, porque a resolução das imagens das melhores sondas no planeta não permitia fazer imagens nítidas de estruturas tão estreitas.



A hipótese de que as linhas observadas eram salmoura líquida saiu das temperaturas registradas no local no verão marciano, acima de -23°C. Água com alta concentração de sal, com ponto de derretimento mais baixo, pode existir na forma líquida nessa faixa de temperatura.
Um grupo de pesquisadores operando a sonda MRO (Mars Reconnaissance Orbiter), porém, desenvolveu um método para contornar o problema das imagens sem resolução. Lujendra Ojha, cientista nepalês do Instituto de Tecnologia da Georgia, e seus colegas conseguiram extrair de imagens com um único pixel os dados espectrais -- separação da luz em diferentes frequências -- capazes de revelar a composição de substâncias.
As informações obtidas pelos pesquisadores estão de acordo com o espectro de sais minerais hidratados, reforçando a hipótese de que os veios recorrentes são formadas com cristais de sal absorvendo umidade marciana. Estão presentes na solução sais de cloro e oxigênio, como cloratos e percloratos, mas não se sabe ainda se essas substâncias captam água da atmosfera ou do solo.


Fonte: G1
Dólar avança mais de 3% e volta a fechar acima de R$ 4

O dólar voltou a fechar acima de R$ 4 nesta segunda-feira (28), após ter encerrado a última semana cotado a R$ 3,9757, em meio a um quadro de aversão a risco nas praças internacionais, além de preocupações com a possibilidade de novos rebaixamentos da classificação de risco do Brasil.
O dólar encerrou a segunda-feira vendido a R$ 4,1095, em alta de 3,37%, depois de duas quedas diárias seguidas, na maior alta desde 21 de setembro de 2011 (+3,75%). 
Já a Bovespa encerrou em queda pelo 7º dia, no menor nível em mais de 6 anos. O principal indicador da bolsa recuou 1,95%, aos 43.887 pontos.
O dólar ampliou o avanço na reta final do pregão após o diretor-geral da Fitch para o Brasil, Rafael Guedes, repetir que a perspectiva negativa atribuída à nota de crédito do país significa que a agência vê chance de mais de 50% de rebaixar o país nos próximos 12 a 18 meses, desta a Reuters.
No entanto, Guedes também sinalizou que a agência não deve retirar do Brasil o selo de bom pagador quando tomar sua decisão sobre a nota ao afirmar que, "historicamente", a Fitch não corta rating em dois degraus, o que seria necessário para retirar o grau de investimento
Nesta sessão, contribuiu também para a alta do dólar a aversão a risco nos mercados externos, com pressão sobre moedas emergentes como os pesos chileno e mexicano. Os mercados estão apreensivos com a possibilidade de o Federal Reserve, banco central norte-americano, elevar os juros ainda neste ano.
Pesaram ainda preocupações com o crescimento econômico mundial, especialmente em relação à China e economias emergentes no geral, que vêm reduzindo o apetite por ativos de risco.





Fonte: G1

domingo, 27 de setembro de 2015

Corinthians domina Figueirense, vence fácil e vê liderança aumentar

O Corinthians voltou a vencer no Orlando Scarpelli depois de três anos. Mesmo atuando fora de casa neste domingo, o líder do Campeonato Brasileiro dominou o Figueirense durante a maior parte do tempo e conquistou uma vitória tranquila pelo placar de 3 a 1, comandada pela dupla Jadson e Renato Augusto.
Jadson foi o responsável pelos passes que acabaram nos gols de Elias e Gil, e sua coleção de assistências na competição só não ficou ainda maior porque algumas das chances que criou no segundo tempo foram desperdiçadas pelos atacantes. Já Renato Augusto marcou o terceiro gol, poucos minutos depois de acertar a trave com um chute de fora da área. 
Com o resultado, o time chega a 60 pontos e abre sete de distância para o Atlético-MG. Isso porque o perseguidor mais próximo do clube paulista na tabela de classificação não passou de um empate com o Joinville e soma agora 53 pontos. Já o Figueirense, agora há sete rodadas sem saber o que é vencer, permanece com 28 pontos e aparece em 18º lugar, dentro da zona de rebaixamento.
Ambos os times voltam a campo pelo Campeonato Brasileiro no domingo e atuarão fora de casa. O Corinthians irá a Campinas medir forças com a Ponte Preta. O Figueirense, por sua vez, terá o Goiás pela frente no Serra Dourada, em Goiânia. Antes disso, porém, vai pegar o Santos na Vila Belmiro, na quarta-feira, pela partida de volta das quartas de final da Copa do Brasil.



Fonte: Uol


Ceni falha feio, e Palmeiras tira vitória do São Paulo nos acréscimos


Robinho parece ser predestinado contra o São Paulo. Neste domingo, em partida válida pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro, o meio-campista do Palmeiras brilhou mais uma vez contra os rivais, arrancando um empate nos minutos finais no Estádio do Morumbi. A vitória parecia certa para os donos da casa, que abriram o placar com Carlinhos, mas o camisa 27 aproveitou uma nova falha de Rogério Ceni, bateu de longe para encobrir o goleiro e repetiu a cena na cabeça dos torcedores que estiveram no Allianz Parque no encontro das equipes no Campeonato Paulista.
Apesar do heroico empate, o Palmeiras não consegue acabar com um longo jejum no Estádio do Morumbi. A última vitória alviverde no estádio rival aconteceu em março de 2002, em confronto pelo extinto Torneio Rio-São Paulo. Aquela partida, que terminou com o placar de 4 a 2, ficou marcada por um gol antológico marcado por Alex, quando chapelou dois rivais, um deles Rogério Ceni, para balançar as redes. Depois do jogo deste domingo, o São Paulo agora acumula 13 vitórias e nove empates de invencibilidade neste período. 
Com o empate em 1 a 1, o Palmeiras se mantém na quarta posição, dentro da zona de classificação da Copa Libertadores, agora com 45 pontos. Já o São Paulo cai uma posição e amarga o sexto lugar com 43 pontos ganhos. Na próxima rodada, o São Paulo recebe o Atlético-PR, sábado (3), às 21h (de Brasília), no Morumbi. Já o Palmeiras visita a Chapecoense, domingo (4), às 18h30, na Arena Condá, em Santa Catarina.

 

Fonte: Uol





Vasco vira sobre o Fla, afasta rival do G-4 e respira contra a degola

O Vasco segue vivo na luta para tentar escapar do rebaixamento. Em franca recuperação no Campeonato Brasileiro, o Cruzmaltino superou o Flamengo por 2 a 1 neste domingo, no Maracanã, e chegou ao quinto jogo de invencibilidade na competição. De quebra, o time de São Januário ainda afastou o rival da briga pelo G-4. Emerson Sheik abriu o placar para o Rubro-negro, enquanto Rodrigo, de falta, e Nenê, de pênalti, comandaram a virada vascaína.
Com o resultado, o Vasco chegou aos 26 pontos e agora está a cinco pontos da Chapecoense – primeiro time fora da zona da degola. Já o Flamengo ficou estacionado nos 41 pontos, caindo para a sétima colocação e ficando quatro pontos do Palmeiras, quarto colocado.
A vitória vascaína ainda ampliou a freguesia estabelecida em 2015: são quatro vitórias, dois empates e apenas uma derrota em jogos oficiais nesta temporada.




Fonte: Uol

Meta do Brasil é reduzir emissão de gases em 43% até 2030, diz Dilma


A presidente Dilma Rousseff afirmou neste domingo (27), na Conferência das Nações Unidas para a Agenda de Desenvolvimento Pós-2015, que o Brasil tem a meta de reduzir em 43% a emissão de gases do efeito estufa até 2030. O ano base, segundo ela é 2005.

"Será de 37% até a 2025 a contribuição do Brasil para a redução de emissão de gases do efeito estufa e para 2030 a nossa ambição é de redução de 43%", afirmou a presidente em discurso na sede de ONU, em Nova York.
Ela também citou metas do país no combate ao desmatamento e no reflorestamento de áreas degradadas

"Até 2020, o Brasil pretende: primeiro, o fim do desmatamento ilegal no país. Segundo, a restauração e o reflorestamento de 12 milhões de hectares. Terceiro, a recuperação de 15 milhões de hectares de pastagens degradas. Quarto, a integração de 5 milhões de hectares de lavoura-pecuária-floresta", disse a presidente.
A reunião sobre desenvolvimento sustentável na ONU é um preparativo para a Conferência do Clima (COP21), em dezembro, na França. Dilma ainda fará, nesta segunda-feira, o discurso de abertura da Assembleia-Geral das Nações Unidas.

“A Conferência de Paris é uma oportunidade única de construirmos uma resposta comum ao desafio global de mudanças do clima. O Brasil tem feito grande esforço para reduzir as emissões de gases de efeito estufa sem comprometer nosso desenvolvimento econômico e nossa inclusão social", afirmou Dilma.

Energia

No discurso, que durou cerca de 10 minutos, Dilma citou também metas do Brasil para a área de energia. Um dos objetivos, segundo ela, é estabelecer um limite de 45% de fontes renováveis no total da matriz energética.

"Na área de energia, também temos objetivos ambiciosos. Primeiro, a garantia de 45% de fontes renováveis no total da matriz energética [...] Segundo, a participação de 66% da fonte hídrica na geração de eletricidade. Terceiro, a participação de 23% das fontes renováveis, eólica, solar e biomassa, na geração de energia elétrica. Quarto, o aumento de cerca de 10% na eficiência elétrica. Quinto, a participação de 16% de etanol carburante e demais fontes derivadas da cana-de-açúcar no total da matriz energética", detalhou a presidente.

"As adaptações necessárias frente à mudança do clima estão sendo acompanhadas por transformações importantes nas áreas de uso da terra e florestas, agropecuária, energia, padrões de produção e consumo", continuou Dilma. "O Brasil assim contribui decisivamente para que o mundo possa atender às recomendações do painel de mudança do clima, que estabelece limite máximo de 2°C de aumento de temperatura neste nosso século", concluiu a presidente.



Fonte: G1

Eleição 2016 gera movimentação de troca de partidos no Congresso


Pouco mais de um ano antes da eleição de 2016, deputados e senadores insatisfeitos nos próprios partidos se movimentam para trocar de legenda a tempo de concorrer.
O prazo para que um candidato possa se registrar em uma legenda e disputar um cargo eletivo na eleição municipal do ano que vem termina na próxima sexta-feira (2), exatamente um ano antes das próximas eleições.
A legislação eleitoral exige que um candidato esteja filiado a partido político pelo menos um ano antes do pleito. Mas esse prazo poderá mudar se a presidente Dilma Rousseff sancionar o projeto de lei da reforma política aprovado no Senado e na Câmara, que estabelece somente seis meses de antecedência e não mais um ano. 




Fonte: G1
Hamilton vence no Japão e comemora marca de Senna na F1; Massa é 17º


Depois do susto em Cingapura, Lewis Hamilton retomou o domínio na temporada 2015 da Fórmula 1 ao vencer na madrugada deste domingo o GP do Japão. O inglês ultrapassou o companheiro de Mercedes, o alemão Nico Rosberg, na largada e não foi mais alcançado pelos rivais até a bandeira, na qual pôde celebrar mais uma grande marca na carreira. Ele igualou o recorde de vitórias do ídolo Ayrton Senna no circuito de Suzuka. Felipe Massa, após sofrer um toque na largada, chegou em 17º. Felipe Nasr abandonou nas voltas finais.
Ao vencer pela oitava vez na temporada, Hamilton alcançou a marca de 41 vitórias de Senna. Inglês e brasileiro agora dividem o quarto posto entre os maiores vencedores de corrida da F1. Estão atrás do alemão Sebastian Vettel, terceiro colocado em Suzuka, com 42 triunfos, do francês Alain Prost (51) e do alemão Michael Schumacher (91).
Para Hamilton, a marca tem sabor ainda mais especial por ser conquistada no circuito onde Senna conquistou seus três títulos mundiais. "Para mim, vir até aqui para correr onde eu costumava ver Ayrton pilotar e ainda vencer...", comentou o inglês, emocionado. "Não consigo descrever a sensação. Não parece real para mim agora."   
O líder do campeonato valorizou o feito em Suzuka também por ter levado o susto na corrida passada. Em Cingapura, onde poderia ter antecipado a grande marca, ele teve problemas em sua Mercedes e abandonou pela primeira vez na temporada. Uma semana depois, o inglês retoma o domínio e se coloca mais perto do título.
Com esta vitória, o inglês ampliou a vantagem sobre Rosberg no campeonato, de 41 para 48 pontos. Tem agora 277 pontos, contra 229 do companheiro de Mercedes. Vettel, em terceiro, tem 218.
  
Para buscar o novo triunfo, o inglês exibiu superioridade desde a largada, quando passou Rosberg e assumiu a ponta. Até o final, ele não seria ameaçado pelos rivais, nem mesmo durante as paradas nos boxes. Ele aproveitou a boa vantagem conquistada na pista para se manter em primeiro ao longo das 53 voltas, cruzando a linha de chegada com 18 segundos de frente sobre o alemão.      Rosberg teve mais dificuldade para buscar o segundo lugar do pódio. Logo na largada perdeu posições também para Vettel, da Ferrari, e para o finlandês Valtteri Bottas, da Williams. Mais atrás, Massa se chocou de leve com a Red Bull do australiano Daniel Ricciardo. Os dois tiveram pneus furados e precisaram ir ao box mais cedo, o que comprometeu a corrida de ambos.  
Brasileiro e australiano permaneceram no pelotão do fundo durante quase toda a corrida, sem conseguir emplacar uma corrida de recuperação. Ricciardo terminou a prova em 15º, duas posições atrás do companheiro Daniil Kvyat, que fez boa corrida apesar de ter largado do pit lane por ter trocado o chassi da sua Red Bull. Tudo consequência do forte acidente que sofreu no treino de sábado.    
Enquanto Massa sofria para recuperar o estrago causado no início da prova, Hamilton disparava na ponta e Rosberg tentava resgatar as posições perdidas no início. O alemão só passou Vettel e Bottas na segunda rodada de parada nos boxes. Ao antecipar o pit stop, deixou o piloto da Ferrari para trás e se consolidou no segundo posto. Felipe Nasr teve grande desempenho no começo da corrida. Largou em 16º e ganhou três posições na sequência. Depois, se defendeu bem das investidas do holandês Max Verstappen, da Toro Rosso, e até ultrapassou o companheiro de Sauber, o sueco Marcus Ericsson. No entanto, o brasileiro começou a perder ritmo na segunda metade da prova, com os pneus duros.     
Tanto ele quanto Ericsson passaram a perder seguidas posições, sem conseguir acompanhar os pilotos que brigam por uma vaga no Top 10, a zona de pontuação da corrida. O sueco ainda cruzou a linha de chegada em 14º. Nasr figurou em 20º e último lugar nas voltas finais, antes de abandonar.      Os pilotos da Fórmula 1 voltam à disputa daqui a duas semanas. A próxima etapa será realizada no circuito de Sochi, no GP da Rússia, no dia 11 de outubro.




Fonte: Via Tribuna do Norte

sábado, 26 de setembro de 2015

Em treino com pancada de Kvyat, Nico supera Hamilton e é o pole no Japão

 

 

Depois de ser completamente surpreendido pela Ferrari de Sebastian Vettel em Cingapura,  Lewis Hamilton precisará se concentrar agora na disputa interna contra Nico Rosberg se quiser resgatar a boa fase nesta temporada. O atual campeão da Fórmula 1 não conseguiu acompanhar o ritmo do companheiro e precisou se contentar com o segundo lugar no grid de largada do GP do Japão. Rosberg, por sua vez, repetiu o seu resultado no treino de Suzuka do ano passado e cravou a pole - apenas a segunda do alemão em 2015.
Em um treino marcado por um grande susto no final do Q3, quando o russo Daniil Kvyat perdeu o controle da RBR em uma curva e se chocou fortemente contra a barreira de pneus, o domínio da Mercedes relegou para segundo plano a disputa entre Williams e Ferrari. Quem levou a melhor foi o finlandês Valtteri Bottas, que sairá em terceiro, logo à frente do alemão Sebastian Vettel, pole e vencedor da etapa da última semana. Felipe Massa garantiu o quinto lugar, superando a Ferrari de Kimi Raikkonen, enquanto o xará Felipe Nasr foi eliminado ainda no Q1, apenas em 18º. O brasileiro da Sauber largará em 16º graças a uma punição aplicada em Max Verstappen e ao acidente de Kvyat, que sairá dos boxes.
Em sua primeira tentativa de volta rápida no Q3, Kvyat abusou da confiança e perdeu o controle da RBR na saída da curva 10, rodando na pista e batendo de traseira contra a barreira de pneus. O russo terminou a atividade sem marcar tempos e largará em 10º, atrás do mexicano Sergio Perez, da Force India. O companheiro Daniel Ricciardo sairá em sétimo, atrás da Ferrari de Raikkonen e à frente da Lotus de Romain Grosjean. A TV Globo transmite o GP do Japão ao vivo na madrugada deste domingo, a partir das 2h (de Brasília).




Fonte: GloboEsporte.com

Joelma e Chimbinha voltam a dividir palco da banda Calypso no Maranhão

Joelma e Chimbinha  no lançamento do
DVD comemorativo 15 anos da Banda Calypso. (Foto: Divulgação)
O show da Banda Calypso marcado para este sábado (26), em Sítio Novo (MA), município distante 621 Km de São Luís é aguardado com grande expectativa pelos fãs. A apresentação vai marcar o reencontro nos palcos de Joelma (vocalista) e Chimbinha (guitarista), depois que o casal anunciou a separação no dia 19 de agosto.
Segundo a assessoria, Joelma e Chimbinha viajaram separados para o Maranhão. Ela foi de ônibus, de Fortaleza, onde fica o escritório da banda, enquanto Chimbinha viajou em voo comercial.
O guitarrista Chimbinha está afastado dos palcos desde o dia 4 de setembro por conta de uma medida preventiva que Joelma - ex-mulher do músico e vocalista da Banda Calypso conseguiu na Justiça do Pará com base na lei Maria da Penha, no dia 11 de setembro. A decisão impedia o músico de ficar a menos de 100 metros de Joelma, que chegou a registrar um boletim de ocorrência, alegando que se sentia ameaçada pelo ex-marido.
Chimbinha denunciou a ex-mulher à polícia, alegando ter sofrido difamação e atentados contra a honra por mensagens de celular. E para que pudesse voltar a trabalhar, ele entrou na Justiça com pedido de liminar que lhe garantiu o direito de se apresentar com a banda ao lado de Joelma. O retorno dele, aos shows deveria ter acontecido na semana passada numa apresentação em Belém. Ele tocou com a banda pela última vez no dia 30 de agosto, em Brasília.
Durante o período em que Chimbinha esteve afastado, a banda Calypso se apresentou com o guitarrista pernambucano Ian Marinho ao lado de Joelma em 4 shows pelo país.

Cantora Joelma (Foto: Aline Oliveira/ G1)


Fim do casamento

A separação de Joelma e Chimbinha foi anunciada pela assessoria da banda Calypso em um comunicado no dia 19 de agosto.
"Chega ao fim o casamento de Joelma e Chimbinha. A união de 18 anos deu fruto a dois filhos maravilhosos, projetos e parcerias tanto na vida pessoal quanto profissional, como a Banda Calypso (...) Queremos ressaltar que o respeito, gratidão, amizade, admiração e parceria permanecem recíprocos. Informamos também que os compromissos profissionais da Banda Calypso seguem normalmente com agenda por todo o Brasil".





Fonte: G1

quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Comissão aprova definição de família como união entre homem e mulher


Após quase cinco horas de discussão, a comissão especial do Estatuto da Família (PL 6583-13) aprovou o projeto, ressalvados quatro destaques, conforme o relatório do deputado Diego Garcia (PHS-PR), que define a família como o núcleo formado a partir da união entre um homem e uma mulher. O texto foi aprovado com 17 votos favoráveis e cinco contrários.
Cinco deputados do PT, PCdoB, PTN e PSol se revezaram na apresentação de requerimentos para adiamento de discussão e de votação da matéria, por serem contrários ao projeto, mas foram vencidos.
Eles ainda esperavam o adiamento da reunião diante do início da Ordem do Dia em Plenário, mas o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, não abriu a Ordem do Dia, pois começou a responder a uma questão de ordem sobre impeachment presidencial.
Os contrários ao projeto, como a deputada Erika Kokay (PT-DF), argumentaram que o Supremo Tribunal Federal (STF) já decidiu favoravelmente à união homoafetiva, e que o projeto vai negar, a esse tipo de união, o direito a uma especial proteção do Estado.
Já os deputados favoráveis ao texto procuraram apenas declarar seus votos de apoio, para não atrasar mais a deliberação. Para que a votação seja concluída, será necessário analisar os quatro destaques na próxima reunião do colegiado.



EDUCAÇÃO NO CAMPO

MEC pretende reforçar políticas para manter as escolas abertas. 



O Ministério da Educação instituiu grupo de trabalho com a missão de elaborar e propor políticas de fortalecimento da educação no campo. A portaria, publicada nesta terça feira, 22, foi assinada na segunda feira, 21, pelo ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, na abertura da segunda edição do Encontro Nacional de Educadores e Educadoras da Reforma Agrária (2º Enera), em Luziânia, Goiás.
Janine Ribeiro ressaltou que o MEC tem orgulho das muitas ações que buscam fortalecer a educação nas áreas rurais. Uma delas é o Programa de Educação no Campo (Pronacampo), que procura ampliar o acesso e a qualificação da oferta da educação básica e da educação superior para as populações daquelas áreas.
De acordo com indicadores do Censo Escolar, cerca de 32,5 mil escolas do campo foram fechadas nos últimos dez anos. Só em 2014, foram extintas 4.114 no país. O grupo de trabalho, que a partir de agora faz parte do Pronacampo, atuará principalmente no acompanhamento dessas escolas, como afirma a diretora de políticas de educação do campo, indígena e para as relações etnorraciais do MEC, Rita Potiguara. “Temos um movimento para não permitir o fechamento das escolas no campo”, disse. “Instituímos o grupo para construir critérios técnicos capazes de assegurar uma distribuição territorial e espacial das escolas, compatível com as necessidades de cada uma.”
De acordo com Rita, há o propósito de aproximação com as escolas e de fortalecê-las a partir da realidade de cada uma.



Fonte: Portal do MEC (Assessoria de Comunicação Social)

Edição do ENEM 2015 tem mudanças no horário de início das provas


Os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que terá provas em 24 e 25 de outubro próximo, devem ficar atentos às mudanças na edição deste ano. Entre elas, a do novo horário de início das provas. Os portões de acesso às salas serão abertos ao meio-dia e fechados às 13h, sempre no horário de Brasília. As provas serão entregues aos candidatos às 13h30.
Os candidatos devem verificar as diferenças resultantes do horário de verão, que então estará em vigor. Ou seja, dos horários locais em relação ao da capital federal.
De acordo com o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), Chico Soares, as alterações são uma questão de segurança. “Com todos os alunos na sala, os detectores de metal podem ser passados de acordo com a conveniência dos fiscais”, disse. “E, principalmente, os malotes com as provas serão abertos apenas com os estudantes dentro das salas, com o testemunho de alunos e de fiscais; é uma mudança pequena, mas importante.”
Outra decisão importante refere-se aos participantes isentos da taxa de inscrição. Aqueles que não comparecerem nos dois dias de provas deste ano não terão como usufruir o direito à isenção no exame de 2016. O objetivo da mudança no critério é diminuir o índice de abstenções e evitar desperdício de recursos públicos.
Além disso, este ano, o cartão de confirmação do Enem terá formato digital. Com isso, os participantes devem buscar o acesso ao sistema de inscrição do exame pela internet — nas edições anteriores, o comprovante era enviado pelos Correios.



Fonte: PORTAL DO MEC (Assessoria de Comunicação Social)

Filhote de pastor alemão atira em homem que tentava matá-lo



Um filhote de pastor alemão foi responsável por uma cena com um tanto de justiça poética nesta semana, ao “atirar” em um homem que tentava matá-lo. As informações são da rede de TV NBC News.
O americano Jerry Allen Bradford, de 37 anos, tinha sete filhotes sem dono em seu carro e, aparentemente sem saber o que fazer com eles, tomou a pior decisão de todas: sacrificá-los.
O homem segurava um animal com uma mão e, com a outra, atirava. Três cãezinhos, de apenas três meses de idade, já tinham sido exterminados quando um dos restantes encostou a patinha no gatilho do revólver, atingindo em cheio o pulso de Bradford, num ato, mesmo que inconsciente, realmente heróico.
O filhote e seus quatro irmãos foram salvos após o incidente e estão sob custódia de um órgão de controle animal do condado de Escambia, na Flórida. Bradford, por sua vez, foi preso pelos policiais por crueldade contra animais.



Fonte: yahoo Brasil

Conta de luz das famílias deve subir até 8% em 2016 para bancar grandes indústrias


A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta quinta-feira (24) o cumprimento de uma liminar que reduz um encargo nas contas de energia para grandes indústrias, mas deve impactar os consumidores residenciais com altas de até 8% nas tarifas em 2016.
A decisão judicial, que beneficia os membros da Abrace, uma associação que reúne indústrias com grande consumo de eletricidade, foi concedida em julho deste ano e isenta essas empresas de parte dos custos com a Conta de Desenvolvimento Energético (CDE), um encargo cobrado para fazer frente a diversos subsídios do setor elétrico.
Além dos consumidores residenciais, as distribuidoras de energia também serão afetadas pela decisão, com queda de faturamento, uma vez que só poderão repassar os custos não pagos pelas associadas da Abrace aos demais clientes a partir dos reajustes tarifários de 2016. Até lá, elas precisarão usar recursos próprios para cobrir o "rombo".
"Certamente não é [uma decisão] confortável, mas não temos saída", admitiu o diretor-geral da Aneel, Romeu Rufino, ao aprovar o cumprimento da liminar.
Ele garantiu, no entanto, que a agência seguirá tentando derrubar a decisão judicial para impedir a cobrança extra junto aos demais consumidores.
"Vamos insistir nisso. Entendemos que não está adequado, com todo respeito ao que foi decidido pela Justiça", apontou Rufino.



Fonte: Reuters

Pesquisadores anunciam possível descoberta dos restos de Mona Lisa


Pesquisadores italianos afirmaram nesta quinta-feira (24) que podem ter encontrado fragmentos de ossos pertencentes à mulher imortalizada por Leonardo da Vinci em seu aclamado quadro “Mona Lisa”.
Os limites da tecnologia atual, no entanto, não permitem dizer com certeza se descobriram os restos mortais de Lisa Gherardini, a esposa do mercador florentino Francesco del Giocondo que se acredita ter posado para Leonardo.
A “Mona Lisa”, conhecida em italiano como “Gioconda”, está no museu do Louvre, em Paris, e possivelmente é a pintura mais famosa do mundo. Ela exibe uma jovem de sorriso enigmático com as mãos dobradas suavemente no colo.
Embora a identidade da mulher não seja certa, muitos historiadores creem ser provável que se trate de Lisa Gherardini, e arqueólogos começaram a procurar seu corpo três anos atrás em um convento no qual ela passou os últimos dias. Além disso, eles abriram a tumba da família Giocondo em uma igreja de Florença para tentar obter uma comparação de DNA.

Ressalvas

Vários corpos foram recuperados, mas a datação por carbono mostrou que só um grupo de fragmentos de ossos é do início do século 16, quando Lisa viveu e a “Mona Lisa” foi pintada.
Silvano Vinceti, que comanda o Comitê Nacional da Itália para a Divulgação do Patrimônio Histórico e Cultural, disse que a documentação sobre o local do enterro e os testes científicos o deixam confiante de terem e encontrado Lisa.

“Se você me perguntasse o que eu, pessoalmente, subjetivamente, acho e sinto, diria que acredito que a encontramos”, disse a repórteres. Outros especialistas foram mais cautelosos, dizendo que, dado o mau estado dos fragmentos, é impossível ter certeza. Giorgio Gruppioni, professor de antropologia da Universidade de Bolonha, afirmou que, com base somente nos indícios científicos, as chances de terem descoberto a Mona Lisa “certamente não são grandes”.

   “O que esperamos é que técnicas sofisticadas um dia nos permitam extrair e analisar e comparar o DNA para podermos determinar geneticamente que este são os restos de Lisa Gherardini”, afirmou.


Fonte: Da Reuters

Eclipse da superlua



Finalmente chegou o dia! Neste domingo teremos a segunda Superlua, das três que acontecem no ano, mas que vem com um bônus: será dia de eclipse lunar também! Desta vez o Brasil estará em situação privilegiada para acompanhar o evento, que também deve ser visto na costa oeste da África e Europa, mas também na costa leste dos EUA, mesmo que parcialmente.

E o papo é o seguinte:  

O que tem de especial em um eclipse com uma Superlua?   


Não é muito comum acontecer os dois eventos ao mesmo tempo. A Superlua se dá quando a Lua atinge a fase de cheia a menos de 24 horas do seu ponto mais próximo da Terra em sua órbita, ponto esse conhecido como perigeu. Esse ano nós já tivemos uma Superlua em agosto, teremos outra agora em setembro e finalmente a última em outubro. Ainda que na prática seja muito difícil de ver diferenças entre as três, a melhor delas é sem dúvida a de domingo agora, dia 27.     
Quando a Lua Cheia ocorre no perigeu, ela surge com o tamanho aparente maior, até 14% e até 30% mais brilhante. Esse tamanho mais avantajado é pouco notado quando ela está alta no céu, pois falta alguma coisa perto da Lua para comparar, mas quando ela surge no horizonte, parece bem maior que normalmente estamos acostumados a ver. Ela fica mais brilhante também, o que dá para notar, mesmo dentro de cidades grandes, mas que chega a impressionar se estivermos em um local escuro.       
Aí tem um eclipse nessa Lua do Perigeu (o nome oficial da Superlua) e fica tudo de bom! Quando a Lua mergulhar na sombra da Terra, veremos um contraste entre as fases brilhante e escura ainda maior que o normal, bombando os efeitos do eclipse. A última vez que um eclipse aconteceu numa Superlua foi há mais de 30 anos e a próxima só deve acontecer daqui a 17 anos.      


O que eu preciso para ver o eclipse?

Duas coisas: céu limpo e horizonte aberto! Esse é um dos eventos astronômicos em que não é preciso nenhum tipo de equipamento, basta que o céu esteja limpo e que você consiga ver a Lua no céu. Claro que a festa fica ainda melhor se houver uma luneta ou telescópio disponível. Nesse caso dá para ver a sombra da Terra percorrendo a superfície lunar, cobrindo as crateras, vales e montanhas conforme a Lua e a Terra se movimentam. Se você for que nem eu que gosta de ficar horas contemplando o céu, sugiro usar uma cadeira de praia ou espreguiçadeira para fiar mais confortável.


Qual o horário do eclipse? 

O eclipse lunar total, como é esse caso, é composto de duas fases: a penumbral e a umbral. A sombra da Terra tem um halo externo mais tênue, a penumbra, e uma parte bem mais escura ao centro, a umbra. Como o eclipse é total, a Lua vai mergulhar totalmente em ambas durante seu trajeto no céu.
Durante a fase penumbral, a Lua escurece um pouco e às vezes até passa despercebido de tão sutil. Apenas observadores mais atentos conseguem distinguir o começo dessa fase, quando a borda da Lua toca a penumbra da Terra (evento chamado de P1 às 21:11), mas conforme ela vai se deslocando sobre ela, o escurecimento fica mais evidente.      A segunda fase é a umbral. Aí sim fica evidente que a Lua está sendo coberta pela sombra densa da Terra. Quando há o primeiro toque da borda da superfície lunar com a umbra (evento chamado de U1, às 22:07), parece que ela perdeu um pedaço de tão escuro que fica e conforme a sombra avança, o pedaço aumenta junto. Quando a Lua estiver completamente coberta pela umbra, começando a fase de totalidade no instante U2 (23:11) vai ficar bem evidente a mudança de sua cor, pois ela deve ficar um tanto mais alaranjada.




Fonte: G1