Loja Fina Flor

Loja Fina Flor

quinta-feira, 7 de abril de 2016

Produção de motos tem recuo de 36,9% em três meses, diz Abraciclo.



Dados da Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo) apontam que houve redução de 36,9% na produção de motos no primeiro trimestre deste ano. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (7).     
Entre os meses janeiro, fevereiro e março de 2016 foram fabricadas 227.426 motos, contra 360.187 unidades no mesmo período de 2015.
O levantamento também apontou redução no acumulado das vendas no atacado – das montadoras para suas concessionárias. A queda foi de 37,4%. Nos primeiros três meses do ano, foram comercializadas 215.372 motocicletas frente a 343.817 unidades.
Em março, saíram das linhas de produção 80.410 veículos, contra 71.095 unidades, em fevereiro, e 127.301 unidades no mesmo mês de 2015.
Em relação às exportações, o acumulado do primeiro trimestre teve alta de 116,5%, com 13.749 unidades exportadas. Em 2015, o número foi de 6.351.

"Já o comparativo mensal registrou 4.721 motocicletas exportadas em março, contra 5.692 unidades em fevereiro, e 1.686 unidades em março do ano passado", informou a Abraciclo.’’   

Com base nos licenciamentos registrados pelo Renavam, foram emplacadas 239.923 motocicletas de janeiro a março. O volume é 26,6% inferior ao ano anterior, com 326.960 unidades.

Projeções      

Com base nos dados, a Abraciclo espera em 2016 a projeção de produção e vendas tenha retração de 9,7% e 10,1%, respectivamente. De acordo com a Associação, o "segmento de motocicletas também se enquadra no contexto atual da crise político-econômica" atual.
Atualmente, a fabricação nacional de motocicletas – concentrada no Polo Industrial de Manaus (PIM) – está entre as seis maiores do mundo. Já no segmento de bicicletas, o Brasil ocupa a quarta posição entre os principais produtores mundiais.

 

 

 

Fonte: G1


Nenhum comentário:

Postar um comentário