Loja Fina Flor

Loja Fina Flor

terça-feira, 28 de junho de 2016

A câmara municipal de Tangará teve mais uma sessão movimentada.




Nessa segunda-feira (27), tivemos mais uma sessão movimentada na câmara de vereadores de Tangará. O que não foi apresentado durante todo o mandado do prefeito Acimar Germano, foi envidado a câmara de vereadores para ser aprovado na última sessão legislativa de 2016, antes do recesso.
Foi encaminhado a casa legislativa, um projeto para aumentar o salário dos motoristas para o valor de 1.320 reais (Pagamento a partir de Janeiro de 2017), um projeto para aumentar o salário dos conselheiros tutelares para o valor de 1.300 reais (Pagamento a partir de Janeiro de 2017), um projeto para autorizar a realização de um novo concurso público (70 vagas) e a gestão também solicitava a autorização da câmara, para o gestor municipal realizar o parcelamento das dívidas previdenciárias.
A equipe do Prefeito Alcimar foi toda organizada para a câmara de vereadores na tentativa de pressionar os vereadores a aprovarem dois dos projetos de interesse da gestão, são eles: Projeto para a realização de um novo concurso público e a autorização da câmara para o prefeito parcelar as dívidas previdenciárias. A todo momento a equipe que tinha total interesse na aprovação do concurso público tentava tumultuar a sessão. Por fim, o vereador Ricardo Vicente pediu para que esses projetos fossem enviados para a comissão.
A sessão da câmara voltou a ficar tranquila depois do pronunciamento do vereador Nilson Lima (Líder da situação), ao terminar seu discurso o vereador deixou a casa legislativa, não querendo ouvir os demais oradores e a equipe do prefeito Alcimar o acompanhou.
Os vereadores que estiveram presentes na sessão foram, Aninha de Ilo, Maria de Erociano, Maria Auxiliadora, Ana de Aluizio, Ricardo Vicente, Antônio Custódio, Wilson Fonseca e Nilson Lima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário