Loja Fina Flor

Loja Fina Flor

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Edital para credenciamento de laticínios no Programa Leite Potiguar é retificado pelo Governo.


Sacos do Leite Potiguar, distribuídos a população do RN pelo Governo do Estado

A Comissão Especial do Programa Leite Potiguar publicou na edição de hoje do Diário Oficial do Estado, um aviso de retificação do edital de credenciamento de fornecedores laticinistas, que atuarão junto ao Programa Leite Potiguar.
A entrega das fichas de credenciamento, antes prevista para o dia 22, será agora realizada no dia 27 de dezembro, às 10h, em ato público, no auditório da Emater-RN, no Centro Administrativo do Estado.
A retificação foi necessária após análise da referida comissão, em decorrência de um pedido de impugnação protocolado por um dos laticínios interessados. O item subtraído do edital foi a exigência de registro na Junta Comercial do RN por pelo menos três anos, o que dará mais oportunidades a outras cooperativas ou empresas de participação no processo licitatório.
Os laticínios que vencerem a concorrência deverão prestar serviços de captação, pasteurização, envasamento, transporte e distribuição de leite pasteurizado integral, de leite bovino e caprino. O edital foi publicado no Diário Oficial do Estado e no sítio eletrônico da Emater-RN (www.emater.rn.gov.br).
De acordo com o edital, serão considerados fornecedores laticinistas associações detentoras de autorização para comercializar o produto pertencente aos seus associados; microempresas e empresas de pequeno porte que tenham como atividade-fim o beneficiamento de leite pasteurizado; usinas de beneficiamento de Leite; cooperativas; e consórcio de laticínios.
Os interessados devem levar documentos pessoais e comprovante de endereço dos representantes legais, bem como dos documentos de habilitação jurídica, qualificação técnica, regularidade fiscal, entre outros.
Os fornecedores laticinistas interessados em participar do credenciamento deverão atender, entre outros requisitos, não terem sido declarados suspensos ou impedidos de licitar ou contratar com a Administração Pública do Estado do Rio Grande do Norte; e não terem em seu quadro societário, dirigente ou responsável técnico servidor de qualquer órgão ou entidade pública.
O resultado do julgamento também será publicado no Diário Oficial do Estado – DOE e divulgado no sítio eletrônico da EMATER-RN (www.emater.rn.gov.br) até cinco dias úteis da data da finalização dos trabalhos de análise dos documentos de habilitação pela Comissão de Credenciamento. O contrato terá vigência de 12 meses, com possibilidade de prorrogação através de termo aditivo.
A Emater-RN fica responsável pelo pagamento aos fornecedores de acordo com a quantidade de leite comprovadamente fornecida. Os laticínios receberão R$ 0,78, por litro de leite bovino e caprino devidamente captados, processados, envasados e entregues. O preço pago ao produtor é fixo, sendo R$ 1,38 por litro de leite bovino e R$ 1,92 por litro de leite caprino.
O Programa Leite Potiguar (PLP) tem como principal objetivo fortalecer a cadeia produtiva do leite, garantindo o preço justo aos beneficiários produtores, gerando ocupação e renda no campo e combatendo a vulnerabilidade social pela redução da desnutrição.
O programa é executado através de uma parceria entre a Emater-RN e a Sethas desde 2015, financiado com recursos próprios do Governo do Estado, com apoio de prefeituras municipais, secretarias de assistência social, associações, fundações e secretaria de educação e cultura. Este ano, foram 166 municípios beneficiados.
A Emater-RN se responsabiliza pela assistência técnica ao produtor e pela gestão financeira do programa. O cadastramento de beneficiários e distribuição do alimento estão sendo transferidos aos poucos para a Sethas, com base em um decreto publicado pelo Governo do Estado. O prazo para a transição ser concluída é janeiro de 2017.




Fonte: Agora RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário