Loja Fina Flor

Loja Fina Flor

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Governo nega vazamento de gabarito oficial do Enem e diz que não vai cancelar prova.


INEP afirma que inquérito sobre vazamento das provas do Enem ainda não foi concluídoEduardo Enomoto/ R7



O Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) afirma, em nota, que o inquérito sobre o vazamento de provas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) ainda está em curso e corre sob sigilo. Segundo o Instituto, não há indícios de que houve vazamento do gabarito oficial da prova. 
No dia 6 de novembro, data em que candidatos realizavaram o segundo dia de provas do Enem, foram deflagradas as operações de combate às fraudes no processo seletivo. A iniciativa foi uma ação conjunta do Inep com a Polícia Federal, com o objetivo de identificar fraudes e responsabilizar os envolvidos. 
Além disso, o Inep diz lamentar que o procurador Oscar Costa Filho tenha vazado informações do inquérito da PF. Segundo a nota, "O INEP lamenta que o procurador Oscar Costa Filho do Ministério Público do Ceará use da prerrogativa institucional de ter acesso ao inquérito para vazar informações antes da Polícia Federal concluí-lo. Segundo a Polícia Federal foi submetido ao procurador o pedido de extensão do prazo do inquérito e, com isso, este teve acesso às investigações em curso".
O INEP reiterou que a segunda aplicação do exame acontecerá normalmente neste final de semana, nos dias 3 e 4 de dezembro. Serão 277 mil candidatos prestando a prova.
O instituto complementa: "o INEP estranha o fato de que este procurador venha a público, mais uma vez, às vésperas da aplicação de provas do ENEM, marcadas para os dias 3 e 4 de dezembro, gerar fatos que provocam tumulto e insegurança para milhares de estudantes inscritos. O INEP lembra que o procurador tem histórico de tentativas de impedir a realização do ENEM em anos anteriores". 



Fonte: R7


Nenhum comentário:

Postar um comentário