Loja Fina Flor

Loja Fina Flor

quinta-feira, 9 de março de 2017

Meirelles diz que defasagem nos salários das mulheres acabará em até 20 anos.

Aprovar reforma da Previdência é uma necessidade, diz o
ministro Henrique Meirelles. Rovena Rosa/Agência Brasil
O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, declarou hoje (9) que a defasagem de remuneração entre homens e mulheres deve acabar dentro de 20 anos, tempo de transição para que passem a valer as novas regras da reforma da Previdência, caso sejam aprovadas. Ele participou, em São Paulo, do Fórum Estadão, cujo tema foi a Previdência.
O ministro destacou que, atualmente, a remuneração média das mulheres com idade entre 20 e 25 anos é praticamente igual à dos homens. “Essa diferença está acabando”, disse. “A tendência é que em 20 anos isso esteja igualado.”
Meirelles admitiu, porém, que os homens são mais promovidos no trabalho do que as mulheres conforme envelhecem, tendência que também deve mudar. “Existe uma qualificação e presença maior de mulheres no mercado de trabalho. Nos escalões mais elevados, é um fenômeno gradual, por uma questão muito simples de qualificação, competência e resultado. As empresas estão cada vez mais pressionadas por resultado”, afirmou.
Segundo a proposta da reforma da Previdência, haverá uma transição de 20 anos para que a idade mínima de aposentadoria das mulheres seja a mesma para os homens. O ministro disse que trabalha com uma agenda intensa de discussão com as bancadas de parlamentares, visando aprovar a proposta.



Fonte: Agência Brasil


Nenhum comentário:

Postar um comentário