Loja Fina Flor

Loja Fina Flor

segunda-feira, 6 de março de 2017

Polícia indicia quatro pessoas por acidente com alegoria da Paraíso do Tuiuti.



Do R7


Carro perdeu o controle e atingiu cerca de 20 pessoas
na avenida, Cacau Fernandes / Agência O Dia.
A Polícia Civil do Rio indiciou quatro pessoas pelo acidente com o carro alegórico da escola de samba Paraíso do Tuiuti. Segundo a assessoria da corporação, foram indiciados o diretor de Carnaval, o diretor de alegoria, o motorista do carro e o engenheiro responsável pela alegoria. O caso está sendo investigado pela delegacia da Cidade Nova (6ª DP). Eles vão responder pelo artigo 303 do código de trânsito - praticar lesão corporal culposa (sem intenção) na direção de veículo automotor.
Na semana passada, os responsáveis pela escola de samba prestaram depoimento à Polícia Civil para tentar esclarecer o que provocou o acidente com a alegoria durante o desfile no domingo (26). Peritos da Polícia Civil também fizeram a reconstituição do acidente no Sambódromo. A alegoria já passou por duas perícias. Uma análise preliminar logo após o desfile, com o carro ainda na dispersão, não encontrou falhas mecânicas. Uma segunda perícia feita no dia seguinte, constatou que uma roda do carro estava quebrada.
A polícia já ouviu o condutor da alegoria, o motorista Francisco de Assis Lopes, de 53 anos. Em depoimento, Francisco disse que uma das rodas móveis do carro, conhecida como roda maluca já apresentava problema no início da avenida.
O carro apresentou problemas para fazer a curva entre a avenida Presidente Vargas e a Sapucaí. Quando conseguiu entrar na avenida, a alegoria deslizou para a lateral e quase atingiu a grade de proteção. Os componentes da escola tentaram voltar com o carro para o centro da avenida, foi quando ele perdeu o controle e deslizou, batendo e imprensando pessoas na lateral esquerda. Ao todo, 20 pessoas ficaram feridas e 12 foram levadas ao hospital.

Nenhum comentário:

Postar um comentário