Loja Fina Flor

Loja Fina Flor

domingo, 16 de abril de 2017

Com técnicos iniciantes, mas em fases distintas, São Paulo e Corinthians duelam no Morumbi.

Rogério-Ceni e Fábio Carille, técnicos de São Paulo e
Corinthians (Foto: infoesporte)
Os caminhos que São Paulo e Corinthians percorreram neste início de ano têm tudo a ver com o perfil de seus técnicos e com a maneira como eles são vistos por seus clubes, que se enfrentam neste domingo às 19h no Morumbi no jogo de ida de uma das semifinais do Campeonato Paulista. A volta será no próximo domingo, em Itaquera.
É preciso voltar alguns meses no tempo para explicar porque veremos hoje o ofensivíssimo são-paulino ainda em construção de Rogério Ceni contra a segurança corintiana já algo consolidada de Fábio Carille.
Em 24 de novembro de 2016, o São Paulo anunciou Rogério Ceni como seu técnico, exatamente um ano depois de ele ter pendurado as luvas – período que ele usou para fazer estágios na Europa e se preparar para a assumir o cargo.
Enquanto isso, o Corinthians titubeava. Terminou o Brasileiro com Oswaldo de Oliveira, depois demitido apesar de ter ouvido a promessa de que ficaria. Falou-se em Vanderlei Luxemburgo e Guto Ferreira, flertou-se com Reinaldo Rueda e Dorival Júnior. Sem mais opções, o Corinthians ficou com o auxiliar que já estava lá: Fábio Carille.



Fonte:  GloboEsporte.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário