Loja Fina Flor

Loja Fina Flor

domingo, 16 de abril de 2017

"Jogo da vida" motiva Palmeiras e Ponte Preta na luta por vaga na final do Paulistão.

Felipe Melo e Tchê Tchê, titulares do Palmeiras (Foto: César Greco / Ag. Palmeiras / Divulgação)

O Campeonato Paulista é a grande motivação do Palmeiras neste momento. Superado o duelo contra o Peñarol na Libertadores, o elenco do Verdão agora concentra todas as atenções nas partidas contra a Ponte Preta, que decidirão o primeiro classificado para as finais do Campeonato Paulista.
Sem conquistar um torneio estadual desde 2008, os palmeirenses lutam para encerrar esse jejum. Do outro lado, porém, a expectativa é de encontrar um adversário com empolgação ainda maior - a Macaca nunca venceu o Paulistão.

– É o jogo da vida deles. Eles vão vir com tudo. É uma chance muito grande de buscar o título que eles ainda não têm. Eles vão vir com sangue no olho e todos os adjetivos que a gente possa dar. O Palmeiras tem de entrar do mesmo jeito – disse o técnico Eduardo Baptista.

– (Palmeiras) Está ha oito anos sem ganhar o Paulista, para um time grande como o Palmeiras isso não é bom. Temos de entrar com a mesma responsabilidade, igualar nessa pegada, mas sempre colocando a qualidade e organização do lado – completou o treinador alviverde.

A última vez que os palmeirenses festejaram um título estadual foi em 2008. E o adversário naquela ocasião foi justamente a Ponte Preta, quando o Verdão venceu no Moisés Lucarelli por 1 a 0 e goleou no antigo estádio Palestra Italia por 5 a 0.
Dono da melhor campanha geral do Paulistão e líder da sua chave na Libertadores, o Palmeiras chega embalado para a semifinal. O pensamento é de controlar o emocional, principalmente depois de um jogo tenso contra o Peñarol e deixar a Libertadores segundo plano - o mata-mata do torneio continental começa somente em julho.

– É outra competição, mata-mata, estamos vindo de uma Libertadores, e o jogo é diferente. É importante estar relaxado e estar com o o emocional em dia – declarou o treinador do Verdão.



Fonte: GloboEsporte.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário