Loja Fina Flor

Loja Fina Flor

sexta-feira, 12 de maio de 2017

Pessoas com tatuagens devem tomar cuidado com ressonância magnética.


Algumas tatuagens com formato circular atuam como uma espécie de antena

Ao realizar um exame de ressonância magnética, é preciso se livrar de todos os objetos de metal, pois dentro do aparelho existe um campo magnético potente que age como se fosse um ímã, alinhando as moléculas de hidrogênio do corpo humano.
Mas, não é somente com os acessórios de metal que é preciso se preocupar. Segundo a pesquisadora e editora da revista Every Health, Jennifer J. Brown, algumas tintas utilizadas na realização de tatuagens podem se tornar um problema na hora de fazer uma ressonância magnética.
Dependendo da composição da tinta utilizada na tatuagem, pode haver dificuldades na realização do exame. Por exemplo, o corante utilizado na composição de algumas tintas de coloração vermelha contém óxido de ferro, que é sensível aos campos magnéticos usados em aparelhos de ressonância magnética e pode até mesmo criar uma corrente elétrica que aumenta a temperatura da pele e pode causar queimaduras de segundo grau ocasionalmente.
Algumas tatuagens com formato circular atuam como uma espécie de antena e, devido à maior captação de energia dos magnetos pelo aparelho, podem deixar a região da pele mais quente. Isso pode causar inflamações no local tatuado e até mesmo o surgimento de bolhas na pele.
Tatuagens próximas aos olhos ou maquiagens permanentes podem ser um pouco mais preocupantes por estarem próximas a uma região sensível ao calor. Mesmo sendo rara a ocorrência de queimaduras na tatuagem ao realizar ressonância magnética, os pesquisadores recomendam que é preciso relatar ao médico sobre a presença de tatuagens.




Fonte: Jornal Ciência, com informações do Agora RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário