Loja Fina Flor

Loja Fina Flor

terça-feira, 27 de junho de 2017

Dia 28 de Julho tem Zé Lezin em Tangará.





Zé Lezin fará show dia 28 de Julho em Tangará O humorista Zé lezin estará se apresentando em Tangará no dia 28 de Julho, às 20h00, no ginásio poliesportivo Carlos Alberto de Sousa.
Zé Lezin, que por onde passa é sucesso de público, se apresentará pela primeira vez em Tangará e promete arrancar risos do público.
A promoção é da Pé Quente Produtora e recebe o apoio da Prefeitura de Tangará e o patrocínio da Maré Mansa. Informações no telefone 9 9877 3010. (whatsapp).
Nessa quarta-feira (28) acontece a primeira audiência pública 2017 no Município de Tangará.



Palestra “De Bem com o Ipem e Procon” acontece, em Santa Cruz, nesta quarta (28).



O Instituto de Pesos e Medidas do Rio Grande do Norte (Ipem/RN), a Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon/RN) e o Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Rio Grande do Norte (SindiPostos/RN) realizam nesta quarta-feira (28) a palestra “De Bem com o Ipem e o Procon”.
O objetivo da palestra é orientar sobre a Portaria 559/2016 do Inmetro, que estabelece as condições mínimas a serem observadas no controle metrológico legal das bombas medidoras de combustíveis líquidos.  
A palestra será proferida dia 28 de junho, às 9h, pelo Diretor Geral do Ipem/RN e Coordenador Geral interino do Procon/RN, Cyrus Benavides, no auditório do SEBRAE de Santa Cruz, localizado à Rua Lourenço da Rocha, 103 - Centro.  
Participarão da palestra, revendedores da região do Trairi e/ou seus representantes legais.





Número de indenizações pagas pelo Dpvat em acidentes caiu 33,4% em 2016.




O Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (Seguro Dpvat) pagou mais de 434 mil indenizações às vítimas de acidentes de trânsito no ano passado, em todo o país, alcançando valor total de R$ 1,7 bilhão. Os dados foram divulgados hoje (27), pela Seguradora Líder-Dpvat, responsável pela operação do seguro. A quantidade de indenizações pagas em 2016, entretanto, foi 33,4% menor que no ano anterior.
A seguradora atribui a redução do número de indenizações às campanhas de conscientização do trânsito, a maior fiscalização da Lei Seca, elevação do valor das multas e o combate à fraude no recebimento do Dpvat. O diretor-presidente da Líder-Dpvat, Ismar Torres, salientou que a meta é reduzir ainda mais esse número, em 2017.
Para isso, o Consórcio Dpvat está trabalhando para uma maior conscientização da população por meio da prevenção e educação do cidadão. No caso dos condutores de motos da Região Nordeste, em especial, tem sido estimulado o uso do capacete, que é um equipamento de segurança ainda não absorvido pela cultura local. “Dirigir descalço ou com chinelo de dedo também não é adequado. Moto não tem para-choque e, se tiver um acidente, a pessoa fica muito vulnerável”, advertiu.
No caso de automóveis, Torres salientou a necessidade de se trabalhar mais no sentido da conscientização do uso do cinto de segurança no banco traseiro. “Hoje, eu diria que a população em geral já tem a cultura de usar o cinto no banco dianteiro. Entretanto, a terceira causa morte de acidente de carro continua sendo o passageiro do banco de trás que não usa cinto de segurança”.



Motociclistas



De acordo com a seguradora, do total de indenizações, 33.547 foram pagas por morte, 346.060 mil por invalidez permanente e 54.639 por reembolso de despesas médicas. A maioria dos acidentes de trânsito com vítima envolve pessoas na faixa etária entre 18 e 44 anos, com prevalência de homens, que respondem por 75% dos sinistros. As indenizações por região brasileira, englobando todos os veículos, ocorreram na seguinte proporção: 29% no Nordeste e Sudeste, cada; 21% no Sul; 12% no Centro-Oeste; e 9% no Norte.





Fonte: Agência Brasil
Relator da denúncia contra Temer precisa ser independente, diz presidente da CCJ.



O presidente da Comissão de Constituição e de Justiça (CCJ) da Câmara, deputado Rodrigo Pacheco (PMDB-MG), disse hoje (27) que o parlametar que assumir a relatoria da denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o presidente Michel Temer terá que ter conhecimento jurídico e independência. Ele disse que a escolha do relator será feita por ele logo somente quando a denúncia chegar à comissão. 


“Os critérios para a escolha do relator são ter conhecimento jurídico, ter relativa independência em relação aos interesses em jogo, porque isso é fundamental; a sobreposição dos critérios jurídicos e técnicos sobre os critérios políticos. Além de ter assiduidade na comissão”, disse o presidente da CCJ. Segundo ele, o relator poderá ser um deputado da base aliada do governo, do próprio PMDB ou da oposição, “mas que tenha relativa independência em suas posições”, acrescentou.



Tramitação



Para ser autorizada a abertura da investigação contra um presidente da República, são necessários os votos de 342 deputados, ou seja, dois terços dos 513 deputados federais. Se esse número de votos não for atingido, a denúncia será arquivada. Antes, porém, a denúncia precisa ser analisada pela CCJ.
Pacheco explicou que, logo que a denúncia chegar à Câmara, será encaminhada a Temer uma notificação dando o prazo de até 10 sessões da Casa para a apresentação da defesa. Em seguida, o relator deverá apresentar seu parecer em até cinco sessões, que será discutido e votado na CCJ. Só então será feita a discussão e votação do parecer da comissão no plenário da Câmara, quando poderá ser aprovada ou rejeitada a abertura de investigação. Pacheco acredita que será possível concluir o processo em 30 dias.
O presidente da CCJ também criticou a substituição do atual representante do Solidariedade na comissão, o deputado Major Olímpio (SP), que tem posições contrária a do governo. A mudança foi feita pelo líder da legenda, deputado Áureo (RJ). “Não acho adequado que haja substituição de um membro efetivo da CCJ, que lá está trabalhando, só porque ele tem entendimento em relação a determinado tema”, disse.





Fonte: Agência Brasil



IFRN divulga editais para cursos superiores de graduação via ENEM.


A Pró-Reitoria de Ensino do IFRN publicou ontem (26) dois editais com vagas para cursos de graduação via nota do Enem. Os editais 36/2017 e 37/2017, juntos estão ofertando 338 vagas para ingresso no segundo semestre letivo.
No edital 36/2017 estão sendo ofertadas 58 vagas, distribuídas entre 4 campi e 5 cursos. Os cursos são: Matemática, Física, Gestão Ambiental, Processos Químicos e Logística.  Já o edital Nº 37/2017 se trata de uma parceria do IFRN com a Universidade Aberta do Brasil (UAB). São 240 vagas, para o curso de Gestão Ambiental, no módulo de educação à distância (EAD), distribuídas para cinco polos presenciais.
As inscrições começaram hoje (27) às 14h e terminam no dia 10 de julho de 2017 às 18h. Os interessados devem se inscrever através do Portal do Candidato. O preenchimento das vagas será por meio de um processo classificatório, a partir das notas obtidas no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) nos anos 2014, 2015 e 2016. O candidato deverá informar no ato da inscrição a nota de qual ano deseja utilizar no processo seletivo.




Fonte: Portal IFRN

MEC: Inep define cronograma do Encceja 2017

Inep divulga cronograma para aplicação de provas de certificação no Brasil e no exterior.





Escola de Saúde da UFRN abre inscrição para professores mediadores.



A Escola de Saúde da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (ESUFRN) abre inscrição para seleção simplificada de profissionais para atuarem como professores mediadores presenciais do Curso Técnico em Gerência de Saúde e no âmbito da Rede e-Tec Brasil (MedioTec EaD) na modalidade a distância, com encontros presenciais.
São 24 vagas para professores mediadores nos polos de: Assú, Currais Novos, João Câmara, Mossoró, Natal, Pau dos Ferros, Santa Cruz e São José do Mipibu. O professor mediador atuará diretamente em três blocos de componentes curriculares: Saúde e sociedade, Processo de Trabalho em Saúde, Políticas de Saúde; Promoção da Saúde e Segurança no Trabalho, Biossegurança nas ações de saúde e Primeiros Socorros; Informática em Saúde e Ato de Ler e Escrever.
Para concorrer, os candidatos precisam ter curso técnico ou superior na área da saúde e experiência de ensino na área ou de atuação profissional em serviços de saúde, devidamente comprovada. O processo de seleção será feito em duas fases: análise do currículo e capacitação no Ambiente Virtual de Aprendizagem.
As inscrições podem ser feitas até dia seis de julho pelo e-mail: etecsaude@es.ufrn.br. Todas as informações sobre o processo seletivo estão no Edital disponível aqui.




segunda-feira, 26 de junho de 2017

Barco com turistas naufraga e deixa ao menos 6 mortos na Colômbia.









O barco El Almirante, com 150 pessoas a bordo, a maioria delas turista, naufragou na represa Peñol-Guatapé, a 80 quilômetros de Medellín, região noroeste da Colômbia. O acidente ocorreu neste domingo (25) e segundo informações do jornal El Colombiano, ao menos nove pessoas morreram e 28 estão desaparecidas, segundo informações da direção geral da polícia. Porém, o presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, confirmou apenas 6 mortes.
Grupos das forças armadas do país foram deslocadas para ajudar no resgate. Os dados do governo local indicam que sete pessoas envolvidas no acidente foram liberadas, enquanto 13 delas ainda estão em observação. Segundo testemunhas, poucas pessoas usavam colete salva-vidas, o que aumentou ainda mais a urgência do resgate.
O incidente ocorreu às 14h30, horário local, e demorou 15 minutos para terminar. Autoridades confirmaram que não houve colisão com outra embarcação, e os motivos do acidente ainda estão sendo investigados.


“Nossas aeronaves e tripulações estão prontas e preparadas para retirarem as pessoas que estiverem em estado mais grave e necessitem de atendimento imediato”, afirmou uma nota da Força Aérea.


Os passeios na represa geralmente têm fins exclusivamente turísticos, e estava especialmente lotada esse fim de semana em virtude de um feriado prolongado.



Fonte: R7

domingo, 25 de junho de 2017

Zé Lezin fará show dia 28 de Julho em Tangará.




Zé Lezin fará show dia 28 de Julho em Tangará O humorista Zé lezin estará se apresentando em Tangará no dia 28 de Julho, às 20h00, no ginásio poliesportivo Carlos Alberto de Sousa.
Zé Lezin, que por onde passa é sucesso de público, se apresentará pela primeira vez em Tangará e promete arrancar risos do público.
A promoção é da Pé Quente Produtora e recebe o apoio da Prefeitura de Tangará e o patrocínio da Maré Mansa. Informações no telefone 9 9877 3010. (whatsapp).

sábado, 24 de junho de 2017

Aprovação do governo de Michel Temer continua em queda, aponta Datafolha.



Do R7




Uma pesquisa do Datafolha realizada esta semana mostrou que a aprovação do governo de Michel Temer continua em queda. Apenas 7% dos brasileiros consideram o governo como ótimo ou bom.
A impopularidade do peemedebista aumentou mais após a divulgação da delação da JBS, que caiu como uma bomba sobre o Palácio do Planalto já que o empresário Joesley Batista, sócio da JBS, gravou uma conversa com o presidente em março relatando crimes. O encontro aconteceu depois das dez horas da noite, fora da agenda do presidente na residência oficial.
Atualmente, a gestão Temer é considerada ruim ou péssima por 69% do eleitorado e regular por 23%. Dois meses atrás, a sua taxa de ruim e péssimo estava em 61% e a de ótimo ou bom, em 9%. Aqueles que o consideraram regular somavam 28% no final de abril.
Não souberam responder como avaliam o governo 2% dos entrevistados. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais e para menos. A nota do presidente caiu de 3 para 2,7.
Segundo o jornal Folha de S. Paulo, o cenário fica mais desfavorável para o presidente Temer entre as mulheres, os jovens e os mais pobres, em comparação com a média da população.
Sua taxa de ruim e péssimo chega a 73% entre o eleitorado feminino, a 74% entre os eleitores de 25 a 34 anos e a 71% para aqueles cuja renda familiar mensal é de até dois salários mínimos.
No Nordeste, a reprovação a Temer fica acima da média, 77%, e no Sul, abaixo: 61%
Entre os entrevistados com ensino fundamental completo, a reprovação de Temer fica em 64% e sobe para 71% entre aqueles que concluíram o ensino médio e 70% entre os com superior completo.
O cenário só muda com o eleitorado de renda média familiar superior a dez salários mínimos, onde seu governo é considerado bom ou ótimo por 15%, regular por 30% e ruim ou péssimo por 55%.
A maioria da população, 76%, é a favor da renúncia de Temer, enquanto 20% são contra sua saída da Presidência. Caso não haja renúncia, 81% dos entrevistados são a favor da abertura de um processo de impeachment e apenas 15% rejeitam essa possibilidade.





PF afirma que não houve edição em áudio de conversa entre Temer e dono da JBS.


Dvulgação do áudio da conversa entre Temer e Joesley desencadeou
a mais grave crise política do governo TemerUeslei Marcelino/Reuters
A PF (Polícia Federal) concluiu que o encontro gravado entre o presidente Michel Temer (PMDB) e o empresário Joesley Batista, da JBS, não foi editado. De acordo com o jornal O Estado de S.Paulo, o laudo sobre a gravação aponta para mais de 100 interrupções, mas nenhuma delas realizada depois da gravação.
Especialistas consultados pela publicação afirmam que o modelo de gravador utilizado pelo dono da JBS realiza "cortes" em momentos em que há silêncio com a intenção de economizar bateria e espaço na memória do aparelho.
O laudo já foi encaminhado à PGR (Procuradoria-Geral da República), que tem até segunda-feira (26) para decidir se apresenta denúncia contra Temer. A divulgação do áudio da conversa entre o peemedebista e Joesley, há pouco mais de um mês, desencadeou a mais grave crise política do governo Temer.
Com base na delação de Joesley e outros executivos da J&F, controladora da JBS, que inclui o áudio, o Supremo autorizou a abertura de inquérito para investigar Temer por suspeita de corrupção passiva, obstrução da Justiça e organização criminosa.
A tese de que a gravação havia sido editada era um dos principais argumentos da defesa do presidente para desqualificar a delação de Joesley.




Fonte: R7, com agências





Governo trabalha para implantar o Sistema Estadual de Proteção e Defesa Civil.



O Governo do RN, através do Gabinete Civil, realiza na próxima segunda-feira, 26, às 10h, no auditório da Governadoria, a primeira reunião de trabalho para implementação do Sistema Estadual de Proteção e Defesa Civil.
Por meio da Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil, o governo está propondo parceria com os municípios a fim de tornar mais eficaz o atendimento à população em situações de emergência e desastres. Os encontros terão como foco a capacitação dos prefeitos, bem como do coordenador municipal de Defesa Civil e sua equipe técnica.
A reunião será a primeira de uma série que estão programadas, divididas por região. “Dividimos o Estado em 10 Unidades Regionais para otimizar o trabalho. Iremos também exercer uma ação de conscientização e incentivo para a criação das Coordenadorias Municipais de Proteção e Defesa Civil”, explica Elizeu Dantas, coordenador estadual da Defesa Civil.
Neste primeiro momento, estarão reunidos gestores dos municípios que compõem a Unidade Regional de Defesa Civil no Alto Oeste – UR10. Sendo eles: Riacho da Cruz, Tabuleiro Grande, Viçosa, Portalegre, São Francisco do Oeste, Francisco Dantas, Martins, Lucrécia, Almino Afonso, Frutuoso Gomes, Antônio Martins, Serrinha dos Pintos, Pau dos Ferros, Marcelino Vieira, Rafael Fernandes, Encanto, Doutor Severiano, São Miguel, Coronel Joao Pessoa, Água Nova, Riacho de Santana, José da Penha, Pilões, João Dias, Alexandria, tenente Ananias, Paraná, Major Sales, Luís Gomes e Venha Ver. 





Fonte: ASSECOM/RN




Rodrigo Maia sanciona projeto que libera venda de remédios emagrecedores.



Por Marcelo Brandão, da Agência Brasil




O presidente da República em exercício, Rodrigo Maia, sancionou nessa sexta-feira (23) o Projeto de Lei (PL) 2431/2011, que libera a produção e venda de remédios emagrecedores. O projeto, do deputado Felipe Bournier (PROS-RJ), foi sancionado sem vetos por Maia e a sanção será publicada no Diário Oficial da próxima segunda-feira (26). Rodrigo Maia deixará a presidência da República na madrugada deste sábado (24), quando Michel Temer volta de viagem internacional.
Pela nova lei, substâncias anorexígenas como a sibutramina, a anfepramona, o femproporex e o mazindol passam a ter a comercialização liberada. Até então, a manipulação e venda de fórmulas com essas substâncias eram vedadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Na justificativa do projeto, aprovado na última terça-feira (20), Bournier apresentou dados da obesidade e ressaltou a importância de tais medicamentos.


“Nesse sentido, a proibição da produção e comercialização dos anorexígenos prejudica milhares de pacientes que realmente necessitam desse tipo de medicamento, sem contar com a provável ampliação do mercado negro dessas substâncias em consequência da proibição”, completou Bournier, no texto do PL.


Os chamados anorexígenos, cuja produção, venda e consumo foram liberados com esta decisão, inibem o apetite e geralmente são utilizados em tratamentos contra a obesidade mórbida.


Anvisa defendeu veto


A Anvisa, em nota, disse lamentar a decisão tomada pelo presidente em exercício e afirmou que a lei é inconstitucional. “Essa lei, além de inconstitucional, pode representar grave risco para a saúde da população. Legalmente, cabe à agência a regulação sobre o registro sanitário dessas substâncias, após rigorosa análise técnica sobre sua qualidade, segurança e eficácia. Assim ocorre em países desenvolvidos e significa uma garantia à saúde da população”, disse a agência.
Antes da sanção, a agência já tinha recomendado ao presidente Michel Temer o veto ao projeto. A Anvisa completou dizendo que a decisão do Congresso - que não fez nenhuma análise técnica - e do presidente em exercício destoa dos padrões internacionais.


“A decisão de sancionar a liberação da comercialização desses anorexígenos no Brasil vai contra o que ocorre em outros países desenvolvidos, cuja competência para avaliar se estão aptos a serem oferecidos à população é das respectivas agências reguladoras”.






Com sorteio em Campina Grande, Quina de São João deve pagar R$ 130 milhões.



Da Agência Brasil




A Caixa Econômica Federal vai sortear hoje (24) a Quina de São João 2017, que tem prêmio estimado de R$ 130 milhões. O sorteio está marcado para as 20h, horário de Brasília, durante a festa do São João de Campina Grande, na Paraíba, uma das mais tradicionais do país.
As apostas podem ser feitas até as 19h e custam a partir de R$ 1,50. Para jogar, o apostador deve escolher de 5 a 15 números dentre os 80 disponíveis no volante. Ganha quem tiver dois, três, quatro ou cinco acertos.
De acordo com a Caixa, por se tratar de um sorteio especial, o prêmio da Quina de São João não acumula. Se não houver apostas vencedoras com cinco acertos, o prêmio principal será dividido entre os acertadores de quatro números, e assim sucessivamente.





Recurso para isenção de taxa no Enem pode ser apresentado até amanhã ao Inep.




Os candidatos ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) que tiveram a isenção do pagamento da taxa de inscrição negada têm até as 12h de amanhã (25) para enviar os documentos que comprovem o direito ao benefício ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Os documentos devem ser encaminhados para o e-mail: isencaoenem@inep.gov.br.
O assunto do e-mail deve ser “Recurso Administrativo – Isenção da Taxa de Inscrição do Enem 2017”. O corpo do e-mail deve conter o nome completo, CPF e número de inscrição do participante, além do nome completo e o CPF da mãe. A ausência de qualquer uma dessas informações inviabilizará a análise do recurso. A documentação enviada deverá ser legível, em formato .pdf ou .jpg
A possibilidade de recurso administrativo é apenas para os participantes que tinham direito ao benefício, solicitaram a isenção, mas se equivocaram ao escolher o ato legal que embasa sua situação socioeconômica e, como consequência, tiveram a Guia de Recolhimento da União (GRU) para pagamento da taxa gerada. O participante deve decidir entre a Lei 12.799/2013, que dispõe sobre a desobrigação das taxas em processos seletivos de ingresso nos cursos das instituições federais de educação superior, e o Decreto 6.135/2007, que trata do Cadastro Único para Programas Sociais.
Podem solicitar isenção do pagamento da taxa de R$ 82 os alunos que concluíram o ensino médio em escola pública ou em escola privada com bolsa de estudos integral e os que tenham renda igual ou inferior a um salário-mínimo e meio por integrante da família.





Fonte: Agência Brasil



sexta-feira, 23 de junho de 2017

A Prefeitura Municipal de Tangará/RN, através da Secretaria Municipal de Administração realizará primeira Audiência Pública.




A Prefeitura Municipal de Tangará/RN, através da Secretaria Municipal de Administração, e nos termos do inciso I do Par. Único do art. 48 da Lei da Responsabilidade Fiscal, convida os Senhores e Senhoras dos Distritos da zona urbana e zona rural do Município de Tangará/RN, a se fazerem presentes na 1ª Audiência Pública a ser promovida na Câmara Municipal de Vereadores, com endereço na Rua João Ataíde de Melo, Centro, Tangará/RN, no dia 28 de junho de 2017, às 15:00 horas, para definirem as prioridades de ações governamentais básicas visando a formação do projeto de Lei do “Plano Plurianual de Investimentos”, para o quadriênio 2018/2021, do Município de Tangará/RN.
A audiência iniciará com a primeira chamada, às 15.00 horas, e a segunda e última chamada às 15:30 horas, onde serão conhecidas as prioridades do município, definidas pela comunidade local, essas nas mais diversas áreas precípuas de atuação do Poder Público Municipal.





Fonte: Blog do Robson Freitas






A FACEN chegou a Tangará.




A FACEN – Faculdade de Ciências Educacionais e Empresariais de Natal chegou a Tangará, com cursos de extensão universitária em pedagogia e administração.

Pedagogia e Administração (extensão universitária)

Duração: 4 anos
Aulas: Quinta-feira ou Sexta-feira, uma vez por semana das 19h ás 21:30h.


Pedagogia

Taxa de inscrição: 50 reais
Taxa de matricula: 170 reais
Mensalidade: 170 reais (Pagando até o vencimento)

Administração

Taxa de inscrição: 50 reais
Taxa de matricula: 200 reais
Mensalidade: 200 reais (Pagando até o vencimento)


Informações: 9-9837-5935 (WhatsApp) ou 9-9607-8096 – Falar com a coordenadora Gildene Custódio.
                    

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Sucesso na 1ª Edição, Guia Top Mais Retorna à Santa Cruz.





O Guia Top Mais está de volta. Uma revista com anúncios de produtos e serviços que circulou no mês de Dezembro destacando as principais empresas da cidade está de volta. Após novas edições em Tangará e Nova Cruz no RN e Cuité, Belém e Solânea* na Paraíba (*a edição de Solânea circula no brejo paraibano a partir desta sexta feira, 23 de Junho), o Guia retorna à Santa Cruz com objetivo de levar informação e mais oportunidade de vendas ao comércio local. Agora com 5 mil exemplares, o Guia Top Mais tende a cobrir, ainda melhor, o território da cidade de Santa Cruz.

“Identificamos que os 4 mil exemplares são uma boa quantidade, mas nossa empresa aprende todos os dias e achei pouco para Santa Cruz. Vamos agora distribuir 5 mil exemplares para melhor atender nossos clientes da cidade, com um detalhe! Sem aumentar os preços, seguimos com anúncios a partir de R$ 60,00”, disse Paulo Anderson, diretor da Top Mais Comunicação, empresa responsável pelo Guia. As vendas estão iniciadas e a expectativa é que o material já circule em meados de Julho desse ano.

Os interessados em anunciar devem entrar em contato com a Top Mais Comunicação e agendar a visita de um de nossos consultores através dos telefones 84 99935-0169, ou 9 9609-9856, ambos os números também interagem a partir do aplicativo de mensagens whatszap.

terça-feira, 20 de junho de 2017

segunda-feira, 19 de junho de 2017

UFRN realiza debate sobre democracia e desafios no Século 21.



No dia 22 de junho,  o Departamento de Políticas Públicas da UFRN promove o debate Desafios da democracia no Século XXI: O papel do estado na promoção do desenvolvimento sustentável e na redução das desigualdades. O encontro é parte integrante da ação de mobilização nacional dos cursos do campo de Políticas Públicas, coordenados pela ANEPCP, SBAP, Feneap e Pró-Pública e ocorre a partir das 14h, no Laboratório de Planejamento de Políticas Públicas, localizado no CCHLA da UFRN. As inscrições para participar são gratuitas e podem ser feitas no local do evento.
O tema escolhido gera uma discussão sobre o papel do Estado e da gestão pública como formas de se encontrar soluções para a crise. Além disso, visa compreender quais ações de gestão pública podem ser adotadas para caminharmos à meta de um desenvolvimento sustentável e de redução das brutais desigualdades brasileiras.
Serão realizadas duas mesas-redondas, uma para debater o caso do Rio Grande do Norte e a outra sobre os do Nordeste brasileiro, respectivamente. O evento terá a participação de representantes de outras instituições (UFPB, UFCG e IFRN) e das instituições nacionais (ANEPCP, SBAP, Feneap e Pró-Pública), além do Centro Acadêmico e da Frente em Defesa da Gestão de Políticas Públicas da UFRN, ambas coordenadas pelos alunos do Bacharelado em Gestão de Políticas Públicas da universidade.



Para mais informações acesse a página do evento no Facebook.







Fonte: Portal UFRN
Parlamentares iniciam visitas da caravana das águas no RN, PB, PE e CE.





A comitiva de deputados estaduais do Rio Grande do Norte, integrantes da bancada federal potiguar e membros do Poder Legislativo dos estados da Paraíba, Pernambuco e Ceará já deu início as atividades da Caravana das Águas. Os parlamentares buscam a retomada das obras do Eixo Norte da transposição do Rio São Francisco, paralisadas em razão de demanda judicial.

“Essa caravana é fundamental nesse momento, porque está para ser decidida, no Supremo Tribunal Federal, a retomada das obras de transposição do São Francisco, no Eixo Norte, que são uma alternativa para enfrentar a seca prolongada na nossa região”, explica o deputado Fernando Mineiro (PT), que integra a comitiva.

A programação da manhã desta segunda-feira (19) se concentrou no município de Terra Nova, em Pernambuco. À tarde, as visitas ocorrem em outros municípios que serão beneficiados com as águas do Rio São Francisco: Jati (CE) e São José de Piranhas e Cajazeiras (PB).
Na terça-feira (20), a Caravana chega ao RN, para realizar audiências públicas nos municípios de Pau dos Ferros e Caicó, nos turnos da manhã e tarde, respectivamente.
A Caravana acontece por ação da Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo do Senado Federal e conta com o apoio da Assembleia Legislativa do Estado, por meio da Frente Parlamentar das Águas e do Comitê de Ações de Combate à Seca.
A cobertura da programação pode ser acompanhada pela TV Assembleia ou por meio dos perfis do parlamento potiguar nas redes sociais.



Notícias da Assembleia

Caixa suspende financiamento de imóveis com uso da linha de crédito Pró-Cotista.




A Caixa Econômica Federal suspendeu novamente as contratações de novas operações da linha de crédito Pró-Cotista, que destina recursos para a aquisição de imóveis com juros menores a pessoas que têm conta vinculada ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Segundo o banco, a suspensão foi “em razão do comprometimento total do orçamento disponibilizado pelo Conselho Curador do FGTS para o exercício de 2017”.
O financiamento já havia sido suspenso em maio, também por falta de recursos, mas o Ministério das Cidades remanejou R$ 2,54 bilhões para a linha e os empréstimos foram retomados.
A linha Pró-Cotista pode ser contratada por trabalhadores com pelo menos 36 meses de vínculo com o FGTS. Também é preciso ter saldo na conta do FGTS de pelo menos 10% do valor do imóvel e estar trabalhando. A taxa de juros é de 8,66% ao ano.





Fonte: Agência Brasil
PF pede ao Supremo mais prazo para concluir investigação sobre Temer.



Por André Richter, da Agência Brasil




A Polícia Federal (PF) pediu há pouco ao Supremo Tribunal Federal (STF) mais prazo para concluir o inquérito aberto para investigar o presidente Michel Temer, a partir das delações da JBS. O prazo inicial para a PF concluir a investigação terminou hoje (19).
Ainda não foram divulgadas informações sobre o relatório parcial da apuração que foi enviado para justificar o pedido de aumento do prazo. Além do presidente Temer, também é investigado no inquérito o ex-deputado federal Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR).
No início do mês, a investigação já foi prorrogada pela primeira vez a pedido da PF, que alegou necessidade de mais tempo para concluir as investigações, iniciadas a partir das citações do nome do presidente nas delações dos executivos da JBS.
Na sexta-feira (9), o advogado Antônio Mariz de Oliveira, representante de Temer, informou ao ministro que o presidente decidiu não responder às perguntas enviadas pela Polícia Federal no inquérito. Além disso, a defesa pediu o arquivamento das investigações e fez críticas ao teor do questionário enviado pelos delegados.
Para a defesa de Temer, o questionário é um “acinte à sua dignidade pessoal e ao cargo que ocupa” e atenta contra os “direitos individuais inseridos no texto constitucional”. “ O presidente e cidadão Michel Temer está sendo alvo de um rol de abusos e de agressões aos seus direitos individuais e à sua condição de mandatário da nação que colocam em risco a prevalência do ordenamento jurídico e do próprio Estado Democrático de Direito”, destaca o documento.



Período de inscrição para participantes do Enade 2017 já está aberto.



Da Agência Brasil



O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou hoje (19) os prazos de enquadramento e inscrições para o Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) 2017. O edital com as diretrizes, procedimentos e prazos do Enade foi publicado no Diário Oficial da União.
As provas serão realizadas no dia 26 de novembro, em todo o Brasil. A inscrição dos estudantes, que deve ser feita pelo coordenador do curso, começa hoje e vai até o dia 11 de agosto, e deve ser feita no site enade.inep.gov.br. Já o cadastro, que deverá ser feito diretamente pelos estudantes, vai de 14 de agosto a 26 de novembro.
Este é o primeiro ano em que os estudantes participam do processo de inscrição no Enade. O coordenador do curso continua sendo o responsável pela inscrição, mas cada estudante deverá realizar seu cadastro, informando suas especificidades. O estudante que cursa mais de uma graduação também deverá escolher, durante o cadastro, em que curso quer ser avaliado.
O Enade avalia o rendimento dos concluintes dos cursos de graduação em relação aos conteúdos, habilidades e competências adquiridas em sua formação. Devem ser inscritos no exame os estudantes dos cursos de graduação, ingressantes e concluintes dos cursos avaliados na edição, bem como estudantes irregulares. A cada ano, o exame avalia um grupo diferente de cursos superiores, ciclo que se repete a cada três anos.


Áreas avaliadas


Neste ano, serão avaliados os cursos de arquitetura e urbanismo; engenharia ambiental; engenharia civil; engenharia de alimentos; engenharia de computação; engenharia de controle e automação; engenharia de produção; engenharia elétrica; engenharia florestal; engenharia mecânica; engenharia química; engenharia; e sistema de informação.
Serão avaliadas ainda as licenciaturas nas áreas de artes visuais; educação física; letras - português e espanhol; letras - português e inglês; letras - inglês; música; e pedagogia. As licenciaturas e bacharelados em ciência da computação; ciências biológicas; ciências sociais; filosofia; física; geografia; história; letras - português; matemática; e química.
Também farão parte do Enade deste ano, os tecnólogos nas áreas de análise e desenvolvimento de sistemas; gestão da produção industrial; redes de computadores; e, gestão da tecnologia da informação.