Loja Fina Flor

Loja Fina Flor

sábado, 26 de dezembro de 2015

Por que Corinthians, Palmeiras e SP são tão distintos no mercado da bola.

O trio de ferro vai junto à Copa Libertadores 2016, mas aborda o mercado de transferências mais frio dos últimos anos de maneira muito diferente. Um já trouxe muita gente, outro contratou pouco e há um que ainda não anunciou ninguém.
Esse comportamento tem relação direta com os momentos particulares de Corinthians, Palmeiras e São Paulo. Os dois primeiros terminaram o ano com títulos nacionais, mas impressões diferentes sobre seus elencos. Já os são-paulinos trocaram de treinador, perderam jogadores importantes e agora correm contra o tempo. Até agora, o Palmeiras já contratou sete jogadores, cinco a mais do que o Corinthians. O São Paulo ainda não contratou ninguém.
CORINTHIANS TENTA DESTRAVAR NEGOCIAÇÕES

O que ainda precisa: um zagueiro (reserva), um meia (titular) e um atacante (titular ou reserva)


Quem já contratou: Marlone (meia) e Alan Mineiro (meia)

Campeão brasileiro com sobras, o Corinthians vive o assédio sobre vários de seus jogadores e já perdeu Jadson. Mas, publicamente, adota um discurso firme de que tentará manter o elenco de 2015 ao máximo. É justamente por confiar nisso que tem movimentação cautelosa na busca por reforços. 
Dois nomes foram confirmados. Mas, para as posições em aberto, aposta em negociações mais difíceis, que inevitavelmente demandam tempo: um substituto para Jadson e um centroavante com característica de jogar fixo na área e capaz de rivalizar com Vagner Love. 
Para essas posições, o meia Marquinhos Gabriel e o centroavante André são vistos como os nomes ideais. Jogadores pelos quais a direção corintiana já admitiu interesse de forma pública. No caso do primeiro, o Corinthians espera pela provável desistência do Santos e já tem em mente o que precisa para conseguir a contratação. Já em relação ao segundo, aguarda por uma resolução do Atlético-MG, com quem André ainda tem seis meses de contrato. A hipótese de esperá-lo para o segundo semestre, inclusive, não é descartada. 
PALMEIRAS

O que ainda precisa: volante (titular)

Quem já contratou: Vagner (goleiro), Edu Dracena (zagueiro), Roger Carvalho (zagueiro), Rodrigo (volante), Régis (meia), Moisés (meia) e Erik (atacante). 

O volante Jean, do Fluminense, deve ser confirmado até a próxima semana como oitavo reforço do Palmeiras. De todos, Edu Dracena e ele são vistos como aqueles com mais potencial para brigar imediatamente pela posição de titular. Quase todos os outros chegam para repor saídas de quem não era visto como de nível para a primeira equipe: Aranha, Jackson, Victor Ramos, Andrei Girotto e Kelvin.

Fonte: Uol Esporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário