Loja Fina Flor

Loja Fina Flor

domingo, 24 de janeiro de 2016

Concurseiros aguardam 95 mil vagas.


O governo federal anunciou no final do ano passado a suspensão de alguns concursos programados para 2016. Porém, os editais abertos e previstos somam 94,9 mil vagas para todos os estados da federação, em todos os níveis de escolaridade.   Dois já foram confirmados e estão em andamento: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), que oferecem juntos 1.550 vagas.


No âmbito da União, ainda estão previstas seleções para a Eletrobas Eletronuclear e a Fundação Nacional do Índio (Funai). Também estão previstas contratações temporárias, visando fazer o censo IBGE 2016 do setor agropecuário foram autorizadas 84 mil vagas. O Serviço Geológico do Brasil será realizado também neste ano, organizado pelo Cespe/UnB, com 52 vagas para técnico de nível médio. 

Com as eleições municipais, os concursos locais serão restringidos. Isso porque a lei 9.505/97 estabelece que nos três meses que antecedem o pleito não é possível realizar nomeação, contratação ou admissão de servidores. Os aprovados em 2015 podem tomar posse antes desse prazo ou apenas depois. Porém, os concursos federais e estaduais não são afetados pela lei e acontecem sem restrições.     

 

IBGE oferece 1.409 vagas para vagas temporárias

 

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) publicou dia 21/01 o edital de abertura do concurso para preencher 1.409 vagas temporárias no Censo Agropecuário 2016. 

São três cargos disponíveis com salários que variam entre R$ 1.300 e R$ 7.166 para uma jornada de 40 horas semanais. As inscrições vão do dia 26 de janeiro até o dia 22 de março e devem ser feitas no site da Fundação Cesgranrio, organizadora da seleção. 

Para o cargo de analista censitário o salário oferecido é de R$ 7.166 e são 223 vagas abertas. A taxa de inscrição é de R$ 120. Para a função de agente censitário administrativo são 700 vagas com remuneração de R$ 1.560 e a taxa é de R$ 35. O IBGE também vai contratar 486 agentes censitários regionais com salário de R$ 1.300. Para concorrer, o candidato terá que pagar uma taxa de inscrição de R$ 50. As provas estão previstas para o dia 22 de maio.  

O contrato de trabalho terá duração de um ano com possibilidade de renovação para três anos. O último censo agropecuário feito no Brasil foi em 2006.

 

 

Fonte: Tribuna do Norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário