Loja Fina Flor

Loja Fina Flor

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Saques de contas inativas do FGTS chegam a R$ 44 bilhões, diz Caixa.



A Caixa Econômica Federal anunciou nesta segunda-feira (7) que os brasileiros sacaram R$ 44,032 bilhões das contas inativas do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) no período entre 10 de março e 31 de julho.
O valor injetado na economia acabou sendo maior do que a estimativa inicial da própria instituição financeira, que informou inicialmente que R$ 43,6 bilhões estavam disponíveis para saque, mas o montante foi atualizado para R$ 48,9 bilhões.
O total sacado, portanto, foi 88% do disponível.
O presidente da Caixa, Gilberto Occhi, explicou que o valor disponível para saque subiu graças à atualização das contas com a apresentação de documentos pelos trabalhadores.
Isso adicionou R$ 4,95 bilhões disponíveis para saque com a inclusão de 2,48 milhões de contas que estavam "ativas" no sistema, mas que, na verdade, eram "inativas" e a apresentação dos documentos permitiu a regularização da situação dessa conta.
Segundo o banco, 25,910 milhões de trabalhadores com direito a saque retiraram os recursos disponíveis. O universo equivale a 79% dos titulares das contas inativas.


E quem perdeu o prazo?


Quem não resgatou o dinheiro dentro do prazo, que se encerrou no último dia 31), só poderá tirar a grana em dois casos específicos: doença grave acometida entre 10 a 31 de julho de 2017, desde que o trabalhador apresente atestado médico, e reclusão em regime fechado, ou seja, só se o trabalhador estivesse preso no período do saque.
Nesses casos, só será possível retirar o recurso até o dia 31 de dezembro de 2018.
Com essas duas exceções, quem perdeu o prazo só pode usar os recursos nos casos previstos anteriormente, como a compra da casa própria, aposentadoria, em caso de demissão sem justa causa, quando a conta permanecer sem depósitos por três anos ou no caso de algumas doenças graves.
Pode fazer o saque quem teve contrato de trabalho encerrado sem justa causa até 31 de dezembro de 2015. A Caixa criou em seu site uma página especial e um serviço telefônico para tratar das contas inativas.
O banco orienta os trabalhadores a acessar o endereço ou ligar para 0800-726-2017, para que possam saber o valor, a data e o local mais convenientes para os saques. Os beneficiários também podem acessar o aplicativo FGTS para saber se têm saldo em contas inativas.




Fonte: Agência Estado e R7

Nenhum comentário:

Postar um comentário