quarta-feira, 18 de julho de 2018

Inscrições começam no dia 12 agosto e terminam no dia 10 de setembro


FAB abre seleção para Curso de Formação de Sargentos.




A Força Aérea Brasileira (FAB) abre seleção com mais de 270 vagas para a segunda turma do Curso de Formação de Sargentos (CFS), com ingresso previsto para julho de 2019. As inscrições começam no dia 12 agosto e terminam no dia 10 de setembro. Para acessar as instruções específicas do exame de admissão, clique aqui. A taxa de inscrição é de R$ 60,00.

As vagas são destinadas a candidatos que atendam às condições e às normas estabelecidas nas instruções específicas. Para serem habilitados à matrícula no CFS 2/2019, os candidatos não devem possuir menos de 17 nem completar 25 anos de idade até 31 de dezembro do ano da matrícula no curso e ter concluído, na data da validação documental da seleção, o Ensino Médio do Sistema Nacional de Ensino.

O processo seletivo é composto de provas escritas de Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Matemática e Física, inspeção de saúde, exame de aptidão psicológica, teste de avaliação do condicionamento físico e validação documental. As provas escritas ocorrerão no dia 25 de novembro de 2018.




Os aprovados em todas as etapas do exame de admissão e selecionados pela Junta Especial de Avaliação (JEA) deverão se apresentar na Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR), em Guaratinguetá (SP), no dia 30 de junho de 2019, para habilitação à matrícula no curso que terá duração aproximada de dois anos. Durante o curso, o militar tem uma remuneração de 1.010,00. Aém do auxílio financeiro, os alunos contam com assistência médica e odontológica, alojamento e alimentação na Escola.

Após a formatura na instituição de ensino, o aluno será promovido à graduação de Terceiro-Sargento e será classificado em uma das Organizações Militares do Comando da Aeronáutica (COMAER), localizadas em todo o território nacional, de acordo com a necessidade da Administração.


Fonte: Agência Força Aérea, por Tenente Jonathan Jayme
Fotos: Sargento Johnson e Cabo Silva Lopes / CECOMSAER

Na ocasião também será assinada a ordem de serviço para a reforma do clube de mães.


O prefeito de Tangará, Jorginho Bezerra, convida a população para a solenidade de entrega de dois tratores agrícolas para a população tangaraense.






Escola de Música inscreve para cursos técnicos.


A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), por meio da Escola de Música, está com inscrições abertas para os seguintes cursos técnicos: canto, processos fonográficos, instrumento e regência.

Serão ofertadas 107 vagas de acordo com o quadro demonstrativo das modalidades das vagas, disponível no edital. Desse total, 50% das vagas são destinadas para os candidatos que cursaram, integralmente, o Ensino Fundamental em escolas públicas.

As inscrições são realizadas por meio do site do Núcleo Permanente de Concursos (Comperve) e estão disponíveis até 6 de agosto. A taxa de inscrição para participação é de R$ 30.


Vacinação contra a gripe atinge meta de 90% do público-alvo.


O Ministério da Saúde informou nesta quarta-feira (18) que a campanha de vacinação contra a gripe alcançou a meta de imunizar 90% do público-alvo. De acordo com as ultimas informações divulgadas pelo governo federal, 90,19% da população considerada prioritária foi vacinada – No total de 51,4 milhões de pessoas receberam a dose da vacina. 


Pagamento da primeira parcela do 13º de aposentados começa em agosto.


Aposentados e pensionistas começarão a receber, a partir de agosto, a antecipação da primeira parcela do 13º salário. De acordo com a Secretaria de Previdência, o depósito será realizado junto com a folha mensal de pagamentos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), entre os dias 27 de agosto e 10 de setembro, conforme a Tabela de Pagamentos de Benefícios 2018.


Com informações da Agência Brasil


Brasil tem 677 casos de sarampo confirmados, diz Ministério da Saúde.


Balanço divulgado na tarde de hoje (18) pelo Ministério da Saúde mostra que o Brasil tem 677 casos confirmados de sarampo. Segundo a pasta, atualmente, o país enfrenta dois surtos de sarampo – em Roraima e no Amazonas. Até terça-feira (17), foram confirmados 444 casos de sarampo no Amazonas, e 2.529 permanecem em investigação. Roraima confirmou 216 casos da doença e 160 continuam em investigação.

O ministério informou que, desde fevereiro, quando começaram a surgir os casos de sarampo, foram registradas três mortes: duas em Roraima e uma no Amazonas. Em Roraima, um caso suspeito de morte pela doença ainda está em investigação.

De acordo com o balanço, os surtos estão relacionados à importação. “Isso ficou comprovado pelo genótipo do vírus (D8) que foi identificado, que é o mesmo que circula na Venezuela”, diz a nota.

Ainda segundo a pasta, alguns casos isolados e relacionados à importação foram identificados nos estados de São Paulo (um), Rio Grande do Sul (oito); e Rondônia (um). Até o momento, o Rio de Janeiro informou ao Ministério da Saúde, oficialmente, sete casos confirmados.

“Cabe esclarecer que as medidas de bloqueio de vacinação, mesmo em casos suspeitos, estão sendo realizadas em todos os estados”, diz o ministério.

Em 2016, o Brasil recebeu da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) o certificado de eliminação da circulação do vírus do sarampo. Segundo o ministério, o Brasil está empreendendo esforços para interromper a transmissão dos surtos e impedir que se estabeleça a transmissão sustentada. 

“Para ser considerada transmissão sustentada, seria preciso a ocorrência do mesmo surto por mais de 12 meses", diz a pasta.

Oferecidas gratuitamente pelo Ministério da Saúde para todos os estados, as vacinas tríplice viral (sarampo, rubéola e caxumba) e tetra viral (sarampo, rubéola, caxumba e varicela) fazem parte do Calendário Nacional de Vacinação e estão disponíveis ao longo de todo o ano nos postos de saúde em todo o país.

“É importante ressaltar que não há necessidade de corrida aos postos de saúde, já que as ações para controle do surto da doença, como bloqueio vacinal, nas localidades acometidas por casos de sarampo estão sendo realizadas com rigor”, diz  nota divulgada pela pasta.

Neste momento, o Ministério da Saúde está intensificando a vacinação das crianças, público mais suscetível à doença.

“Entretanto, adultos não vacinados devem receber a vacina prioritariamente em locais onde há surto da doença, como em Roraima e Manaus (AM). Pessoas que já completaram o esquema, conforme preconizado para sua faixa etária, não precisam novamente receber a vacina”, acrescenta o ministério.

Crianças de 12 meses a menores de 5 anos de idade têm que receber uma dose aos 12 meses (tríplice viral) e outra aos 15 meses de idade (tetra viral). Crianças entre 5 anos e 9 anos de idade que não foram vacinadas anteriormente devem receber duas doses da vacina tríplice com intervalo de 30 dias entre as doses.

A campanha nacional de vacinação será realizada entre 6 e 31 de agosto, sendo o dia D no sábado (18). O público-alvo dessa estratégia são crianças de 1 ano a menores de 5 anos.

Segundo o ministério, a meta de vacinação contra o sarampo é de 95%. Dados preliminares referentes ao ano passado indicam que a cobertura no Brasil foi de 85,21% na primeira dose (tríplice viral) e de 69,95% na segunda dose (tetra viral).


Fonte: Agência Brasil


TSE vai fiscalizar uso de dinheiro vivo nas eleições.



O Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em parceria com outros órgãos de fiscalização, vai analisar suspeitas de uso de dinheiro vivo para caixa 2 nas eleições deste ano, a condição financeira das pessoas físicas doadoras e a capacidade operacional dos fornecedores de bens e serviços destinados à campanha.

Outras informações acesse o link.


Fonte: Agência Brasil


Brasil teve mais de 21 mil assassinatos de janeiro a maio de 2018.


Ao menos 21.305 pessoas foram assassinadas nos cinco primeiros meses deste ano no Brasil. É o que mostra o índice nacional de homicídios criado pelo G1, uma ferramenta que permite o acompanhamento dos dados de vítimas de crimes violentos mês a mês no país. O número de vítimas é ainda maior que esse – isso porque a estatística não comporta os dados totais de cinco estados, que não divulgam todos os números.

O número consolidado até agora contabiliza todos os homicídios dolosos, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte, que, juntos, compõem os chamados crimes violentos letais e intencionais. Foram pelo menos 3.346 casos apenas em maio.

O mapa faz parte do Monitor da Violência, uma parceria do G1 com o Núcleo de Estudos da Violência da USP e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública.


Cinco estados ainda não têm todos os dados referentes a maio. Veja a justificativa de cada um deles:


Bahia: Segundo a ouvidoria do estado, os dados de maio ainda estão sendo auditados para evitar erros.

Maranhão: O governo informou apenas os dados referentes à Grande São Luís, disponibilizados no site da Secretaria de Segurança Pública. Os números de maio de todo o estado ainda não foram consolidados.

Paraná: A Secretária de Estado da Segurança Pública diz que "infelizmente em relação ao mês em questão [maio]" ainda não tem "dados consolidados". O governo, porém, também não enviou os números de abril.

Piauí: A Secretaria de Segurança Pública do Piauí diz que, devido à greve da Polícia Civil, o registro de boletim de ocorrência ficou suspenso e eles não tiveram como contabilizar os dados de abril e maio. A pasta pediu um prazo de 60 dias para atualizar os dados.

Tocantins: A Secretaria de Segurança Pública informou os dados consolidados de janeiro a abril deste ano sem fazer separação mês a mês. Foram 105 homicídios dolosos e 3 lesões corporais seguidas de morte. Não houve latrocínio. A SSP informou que o setor de estatística não consegue disponibilizar os números mês a mês devido à dificuldade de algumas delegacias em enviar os dados de cada período. Quanto aos números de maio, o governo informou que os dados ainda não foram consolidados.


Página especial


Na página especial, é possível navegar por cada um dos estados e encontrar dois vídeos: um com uma análise de um especialista indicado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública e outro com um diagnóstico de um representante do governo.


Fonte: G1

terça-feira, 17 de julho de 2018


TRT oferece estágio remunerado para universitários em Natal e no interior.


Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN) abriu, nesta terça-feira (17), as inscrições para processo seletivo de estágio remunerado com vagas para os cursos de Administração, Ciências Contábeis, Direito, Ecologia e Engenharia Elétrica.

A bolsa paga pelo TRT-RN é de R$ 750, mais auxílio transporte de R$ 7,50 por dia trabalhado, para uma jornada semanal de 20 horas (4 horas diárias), a ser cumprida de segunda a sexta-feira, no turno da manhã ou da tarde.
Segundo o Tribunal, existem vagas de estágio para Natal, Assu, Caicó, Ceará-mirim, Currais Novos, Goianinha e Macau.

Podem participar da seleção alunos que estejam matriculados e com frequência regular em faculdades conveniadas, conforme relação constante no edital do concurso.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas no período de 16 a 20 de julho, por meio de formulário eletrônico.

Pré-requisitos

Os candidatos a estágio do curso de Direito devem ter cursado o 6º período e já terem sido aprovados na disciplina Direito do Trabalho.

Para os demais cursos de nível superior é necessário que os candidatos tenham cursado o 4º (quarto) período da graduação.

A classificação será feita pelo Índice de Rendimento Acadêmico (IRA) do aluno, seguindo a ordem decrescente.



Fonte: G1 RN


DER descredencia entidades de emissão de carteiras estudantis por suspeita de fraude no RN.


O Departamento de Estradas e Rodagens (DER) descredenciou cinco das nove entidades que fazem carteirinhas de estudante no Rio Grande do Norte, por suspeita de fraude na emissão dos documentos. De acordo com a publicação do Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça-feira (17), suspensão é temporária e válida pelo período de dois anos, a partir do ano letivo de 2019.

Ainda segundo a publicação, o DER usou denúncias que chegaram ao órgão para embasar a determinação de suspensão da emissão das carteirinhas pelas cinco entidades.

De acordo Yara Costa, do Diretório Central de Estudantes (DCE) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), houve denúncias que partiram do próprio DCE. Ela conta que checou junto à UFRN a regularidade de mais de 100 supostos estudantes supostamente ligados à instituição, que conseguiram as carteirinhas através dessas entidades. Segundo Yara Costa, a Universidade informou que eles não tinham sequer matrícula.


Do G1 RN


PM do RN abre inscrições de concurso para preenchimento de mil vagas.




As inscrições do Concurso Público para provimento de mil vagas do quadro de Praças da Polícia Militar do Rio Grande do Norte começaram nesta segunda-feira (16) e seguem até o dia 13 de agosto. O candidato deve realizar sua inscrição pela internet, no site. O valor da inscrição é de R$100,00.

O concurso, regido pelo Edital Nº 003/2018 – SEARH/PMRN, oferece 938 vagas destinadas ao sexo masculino e 62 ao sexo feminino.

O certame será composto de sete etapas. A primeira etapa é dividida em duas fases: prova objetiva e redação. As demais etapas são: exame de saúde; teste de aptidão física (TAF); avaliação psicológica; investigação social, avaliação de títulos e curso de formação.

A primeira etapa será realizada no dia 23 de setembro de 2018, nas cidades de Natal, Mossoró e Caicó, conforme escolha do candidato no momento da inscrição. O cronograma previsto e o edital estão disponíveis no site da instituição organizadora do certame, Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo (Ibade).



Fonte: G1 RN

segunda-feira, 16 de julho de 2018


Valor corrigido da cota do PIS/Pasep já pode ser conferido.


Os trabalhadores com direito a cotas dos fundos dos programas de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) podem conferir, a partir de hoje (16), os valores corrigidos que receberão em agosto. Para saber o saldo e se tem direito ao benefício, o trabalhador pode acessar os sites do PIS e do Pasep.


Com informações da Agência Brasil



Suspensa resolução da ANS sobre coparticipação em planos de saúde.


A presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Cármen Lúcia, suspendeu temporariamente hoje (16) a Resolução Normativa 433, de 28 de junho de 2018, da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) da Agência Nacional de Saúde (ANS) que “propõe-se a regulamentar, a utilização de mecanismos financeiros de regulação no âmbito dos planos privados de assistência à saúde, a exemplo de franquia e coparticipação”.

De acordo com a decisão, da presidente do STF, ao deferir a medida cautelar do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), ajuizada no último dia 13 de julho, a resolução fica suspensa até o exame feito pelo ministro-relator, Celso de Mello, ou pelo plenário da Corte. A resolução da ANS, publicada em junho, diz que os pacientes de planos deverão pagar até 40% no caso de haver cobrança de franquia e coparticipação sobre o valor de cada procedimento médico realizado.

“A referida resolução foi muito além e desfigurou o marco legal de proteção do consumidor no país”, ‘tendo usurpado’, “da competência do Poder Executivo (e também do Poder Legislativo) por parte da Agência Nacional de Saúde Suplementar, que arvorou-se a regulamentar matéria - mecanismos de regulação financeira (franquia e coparticipação) - sem a devida competência para tanto e, ainda, sem o devido processo legislativo”, diz a OAB na ação.


Nota da ANS


A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), por meio de nota, informou que ainda “não foi notificada oficialmente da propositura da ação, tampouco da decisão do Supremo Tribunal Federal de suspender a Resolução Normativa nº 433, relativa às regras de coparticipação e franquia.”

A Agência destaca, no entanto, “que editou a norma observando rigorosamente o rito para edição de ato administrativo normativo, especialmente quanto à oportunidade de participação da sociedade. Além disso, a norma foi analisada pela Advocacia-Geral da União sem que tenha sido identificada qualquer ilegalidade ou inconstitucionalidade”.



Fonte: Agência Brasil
Link: http://agenciabrasil.ebc.com.br/saude/noticia/2018-07/suspensa-resolucao-da-ans-sobre-coparticipacao-em-planos-de-saude


Governo antecipa primeira parcela do 13º de aposentados e pensionistas.


Aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) receberão a primeira parte do 13º salário junto com a remuneração de agosto. A primeira parcela do abono anual corresponderá a até 50% do valor do benefício.

O decreto autorizando a antecipação foi assinado hoje (16) pelo presidente Michel Temer, mas ainda não foi publicado no Diário Oficial da União. A medida deve injetar R$ 21 bilhões na economia do país e movimentar o comércio e outros setores.

Como determina a legislação, não haverá desconto de Imposto de Renda na primeira parcela paga a aposentados e pensionistas do INSS. O imposto sobre o valor somente pode ser cobrado na segunda parcela da gratificação natalina, a ser paga junto com a remuneração de novembro.

Desde 2006, o governo antecipa a primeira parcela do 13º salário dos aposentados e pensionistas na folha de agosto.

Somente em 2015, o pagamento foi adiado para setembro, por causa do ritmo fraco da economia e da queda da arrecadação.


Fonte: Agência Brasil
Link: http://agenciabrasil.ebc.com.br/politica/noticia/2018-07/governo-antecipa-primeira-parcela-do-13o-de-aposentados-e-pensionistas

domingo, 15 de julho de 2018

Missa na Matriz de Santa Teresinha.




Marinha abre concurso para técnicos em Eletroeletrônica e Mecânica.



Com 14 vagas para a área de eletroeletrônica e 16 na área de Mecânica, Marinha do Brasil publicou edital para o Concurso do Quadro Técnico de Praças da Armada. As inscrições acontecem até 3 de agosto, com taxa de R$ 70,00; o pagamento pode ser realizado até o dia 17 de agosto.

O concurso

Os candidatos realizarão prova objetiva de conhecimentos profissionais (eliminatória e classificatória) de acordo com a área técnica contendo 50 questões e redação. Após essa etapa, realizarão os Eventos Complementares compostos por Verificação de Dados Biográficos, Inspeção de Saúde, Teste de Aptidão Física, Verificação de Documentos e Avaliação Psicológica. Os aprovados realizarão o Curso de Formação de Sargentos no Centro de Instrução Almirante Alexandrino (CIAA), no Rio de Janeiro, e ao final serão nomeados na graduação de Terceiro-Sargento, com remuneração inicial de R$ 4.445,00 podendo chegar a R$ 5.334,00.


Sobre as vagas


Abrangendo várias áreas técnicas, o edital aceitas as seguintes titulações:

Técnico em Automação Industrial;
Técnico em Eletroeletrônica;
Técnico em Eletromecânica;
Técnico em Eletrônica;
Técnico em Eletrotécnica;
Técnico em Manutenção Automotiva;
Técnico em Mecânica;
Técnico em Mecatrônica;
Técnico em Refrigeração e Climatização.



Fonte: Portal IFRN


Em ranking mundial de homicídios, Brasil ocupa 13º lugar.


Em um ranking mundial de homicídios, o Brasil ocupa o 13º lugar no mundo, com uma média de 27,8 homicídios a cada 100 mil habitantes. Os dados fazem parte de um estudo do Instituto Igarapé, denominado "Segurança do cidadão na América Latina", de abril de 2018.

Na comparação com 2016, o País registrou uma leve alta, de cerca de 1%, dentro de um processo relativamente estável nos últimos anos. 

A lista dos 20 países com a maior proporção de homicídios em relação à população é encabeçada pela América Central, com 17 nações.

El Salvador lidera a lista, com 60 homicídios a cada 100 mil habitantes, seguido pela Jamaica, com 56. A Venezuela, com 53,7, aparece na terceira posição. Já Honduras, com 42,8, está em quarto, e São Cristóvão e Névis (o menor Estado soberano da América), com 42, surge na quinta posição. O primeiro país africano da lista é Lesoto, com média de 41,2 a cada 100 mil, registrada em 2015, na sexta colocação.

A América Central tem se mostrado um núcleo de violência dentro da América Latina, uma região já marcada por este problema.

Segundo o Instituto Igarapé, na última década, a taxa de homicídios na América Latina aumentou 3,7% ao ano, enquanto a população da região cresceu 1,1%.


Brasil tem 13% dos assassinatos registrados no mundo


Em relação a números absolutos, o Brasil ocupa a primeira colocação na lista de países com mais homicídios do mundo, tendo chegado a um total de 57.395 homicídios em 2016. O número alcançado pelo Brasil representa 13% dos assassinatos globais.

Os números absolutos apontam o total de homicídios sem levar em conta a proporção da população.

No entanto, mesmo considerando que o Brasil ter a sexta maior população mundial, com 207,6 milhões de pessoas (segundo o IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o número absoluto é considerado elevado e, segundo o instituto, aponta uma alta de 54% dos assassinatos.

Entre 1996 e 2015, os homicídios registrados passaram de cerca de 35 mil para mais de 54 mil. No período, o aumento da população foi bem menor: 40%.

Fonte: R7
Link: https://noticias.r7.com/internacional/em-ranking-mundial-de-homicidios-brasil-ocupa-13-lugar-15072018

Inscrições para o Fies e P-Fies começam em 16 de julho.



terça-feira, 10 de julho de 2018


Oposição de Tangará e de Sitio Novo confirmam apoio a Carlos Eduardo.

Foto: Reprodução/Whatsaap


Em Tangará o pré-candidato a governador Carlos Eduardo terá o apoio do ex-prefeito Gija, do ex-prefeito Alcimar Germano e alguns vereadores da oposição. Já na cidade vizinha, Sitio Novo, o pré-candidato contará com o apoio da ex-prefeita Wanira Brasil e aliados.

segunda-feira, 9 de julho de 2018


Cadastro Único: inscrição para dependentes do BPC vai até dezembro.



Cadastro garante acesso ao Minha Casa Minha Vida,
a Tarifa Social de Energia Elétrica e ao Bolsa Família -
 Foto: Mauro Vieira/MDS

Idosos e pessoas com deficiência que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC) têm até dezembro para se inscrever no Cadastro Único. O BPC assegura um salário mínimo mensal à pessoa com deficiência e ao idoso com 65 anos ou mais que comprovem não possuir meios de prover a própria manutenção. 

No total, 2,8 milhões de pessoas já registraram as informações na ferramenta do Governo do Brasil. A estimativa do Ministério do Desenvolvimento Social é que mais 1,7 milhão de pessoas façam a inscrição até o fim do ano.

Inscrições

Para se inscrever, os dependentes do BPC devem procurar os Centros de Referência de Assistência Social (Cras) ou a secretaria de assistência social do município portando o Cadastro de Pessoa Física (CPF), registro geral (RG) e comprovante de residência.

Caso tenham alguma dificuldade de deslocamento, a inscrição pode ser feita pelo responsável familiar, que deve levar os documentos de todas as pessoas que moram com o beneficiário.

Fonte: Fonte: Governo do Brasil, com informações do Ministério do Desenvolvimento Social